Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1032
Título: Avaliação do potencial fertilizante de dois resíduos da indústria florestal
Autor: Monteiro, M.C.H.
Lupi, S.
Anjos, O.
Almeida, J.P.F.
Palavras-chave: Biomassa florestal
Cinza
Resíduo da causticação da pasta de papel
Fertilização
Resíduo
Data: 2010
Editora: SCAP
Citação: MONTEIRO, M.C.H. [et al.] (2010) - Avaliação do potencial fertilizante de dois resíduos da indústria florestal. Revista de Ciências Agrárias. ISSN 0871-018X. Vol. 33, n.º 2, p. 147-159.
Resumo: A indústria florestal produz resíduos com características e potenciais de utilização muito distintos. Por um lado, a queima de biomassa florestal para obtenção de energia conduz à produção de grandes quantidades de cinzas como produto final e, por outro lado, durante o processo de produção da pasta de papel e na sequência do tratamento por causticação é também produzido um resíduo em quantidades significativas. O objectivo deste trabalho foi avaliar o potencial fertilizante destes dois resíduos, ou seja, das cinzas provenientes da incineração de biomassa florestal e das cinzas provenientes da causticação da pasta de papel, resíduos provenientes da indústria florestal. Num ensaio em vasos estudou-se a resposta do azevém à aplicação de doses crescentes destes resíduos que corresponderiam à aplicação ao solo de 0, 0,5, 1, 3 e 5 toneladas por ha. Verificou-se que a cinza de biomassa florestal pode ser aplicada ao solo, não se observando efeitos negativos na produção ou propriedades do solo. Esta aplicação conduzirá ao fornecimento de alguns nutrientes, nomeadamente K e Ca. Em solos com relação Ca/Mg elevada aconselha-se a aplicação simultânea de Mg. O resíduo proveniente da causticação da pasta de papel, deve ser incorporado no solo com antecedência relativamente à sementeira devido à sua causticidade. Nas culturas plurianuais não deverá ser utilizado. Apresentou valor como correctivo alcalinizante, possuindo elevado teor em Na que conduziu a um aumento significativo da condutividade eléctrica e do Na de troca, não se aconselhando uma aplicação em quantidades superiores a 1 t/ha.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1032
ISSN: 0871-018X
Versão do Editor: http://www.scielo.oces.mctes.pt/pdf/rca/v33n2/v33n2a12.pdf
Aparece nas colecções:ESACB - Artigos em revistas com arbitragem científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Avaliação do potencial fertilizante.pdf1,49 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.