Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1039
Título: Efeito da cobertura do pomar sobre a evolução da maturação das principais variedades de cereja na Cova da Beira
Autor: Carvalho, M.L.M.
Coelho, R.S.
Palavras-chave: Cereja
Maturação
Cobertura do pomar
Índices de maturação
Caracterização físico-química
Data: 2005
Editora: APH
Citação: CARVALHO, M.L.M. ; COELHO, R.S. (2005) - Efeito da cobertura do pomar sobre a evolução da maturação das principais variedades de cereja na Cova da Beira. In Congresso Ibérico de Ciências Hortícolas, 5, Porto, Maio - Actas. [S.l.] : APH. Vol. 2, p. 88-94.
Resumo: Após alguns anos de acompanhamento e estudo das principais características físicas e químicas, que permitiram determinar os índices de maturação das principais variedades de cereja da Cova da Beira, pretende-se avaliar o efeito da cobertura do pomar sobre os referidos Índices. A grande variabilidade climática que tem caracterizado os últimos anos, com ocorrência de precipitação num elevado número de dias na Primavera, leva à crescente necessidade de salvaguardar a colheita da cereja, nomeadamente das variedades temporãs. Assim, a cobertura dos pomares com rede apresenta-se como uma alternativa viável, embora onerosa, que simultaneamente com a protecção da colheita, parece ainda promover alguma antecipação na maturação da cereja. Com o objectivo de avaliar o efeito da cobertura sobre a maturação e sua antecipação, foram realizadas amostragens durante quatro anos (2001-2004), e determinadas, laboratorialmente, as características físicas (cor, dureza, peso e classe de calibre) e químicas (índice refractométrico, acidez e pH) da cereja durante a evolução da maturação, em situação de sem e com cobertura do pomar com rede, para as cultivares Burlat, Brooks, Arcina. Sunburst c Early Van Compact, na Quinta de Lamaçais, em Caria (Cova da Beira). Os resultados apontam para uma grande influência da cobertura sobre estes índices, embora haja grande variação em função da época de maturação das cultivares. O maior efeito faz-se sentir a nível da dureza do fruto, principal parâmetro responsável pela qualidade pós-colheita da cereja, o que obrigará a uma readaptação do produtor face à decisão da data de colheita.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1039
Aparece nas colecções:ESACB - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Efeito da obertura do pomar.pdf3,77 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.