Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1104
Título: Fitoesteróis, triacilgliceróis e fenóis totais em azeites monovarietais "Bical", "Carrasquinha", "Cornicabra" e "Galega"
Autor: Peres, M.F.
Simões-Lopes, P.
Henriques, L.R.
Vitorino, M.C.
Gouveia, C.
Barroco, J.
Mateus, J.
Soares, F.
Rodrigues, P.
Fragoso, P.
Pinheiro-Alves, M.C.
Palavras-chave: Azeites monovarietais
Data: 2006
Editora: ENMP
Citação: PERES, M.F. [et al.] 82001) - Fitoesteróis, triacilgliceróis e fenóis totais em azeites monovarietais "Bical", "Carrasquinha", "Cornicabra" e "Galega". Melhoramento. ISSN 0368-9433. Vol. 41, p. 198.
Resumo: O azeite virgem é constituído por um conjunto importante de esteróis vegetais ou fitoesteróis, onde se destacam o -avenasterol, o campesterol e o estigmasterol. Os fitoesteróis baixam o nível de colesterol do plasma sanguíneo e evitam deste modo os seus malefícios a nível da arteriosclerose e da doença coronária. Os triacilgliceróis de um azeite virgem podem proporcionar uma informação valiosa relativamente à sua origem e genuinidade. Os teores dos ácidos gordos neles esterificados, só por si, permitem caracterizar os azeites virgens, dentro de certos limites. Os triacilgliceróis mais abundantes são: OOO, POO, OOL, EOO, POL (P-palmítico; O-oleico; L-¬linoleico; E-esteárico). No azeite virgem, importa ainda considerar a actividade dos fenóis hidrofilicos, pelas suas propriedades antioxidantes e sensoriais. A concentração de compostos fenólicos totais está relacionada com a resistência ao envelhecimento do azeite e com a intensidade do seu sabor amargo. No presente trabalho foram seleccionados sete olivais em protecção integrada nos concelhos de Castelo Branco, Penamacor, Proencç-a-Nova, Guarda, Figueira de Castelo Rodrigo, Seia e Pinhel. As cultivares em estudo foram: ‘Bical de Castelo Branco’, ‘Carrasquinhia’, ‘Conicabra’ e ‘Galega Vulgar’. Efectuou-se a colheita de cerca de 25Kg de frutos, entre 5 de Novembro a 15 do Dezembro, de 2002 a 2004 e procedeu-se à extracção do azeite em sistema Oliomio 50. Analisam-se os teores em esteróis, álcoois triterpénicos, triacilgliceróis, ácidos gordos componentes e fenóis totais. Os resultados obtidos mostram o azeite ‘Galega’ como o mais rico em esteróis totais, distinguindo-se significativamente (p<0.001) dos restantes pelo seu teor mais elevado em campesterol. O azeite ‘Carrasquinha’ apresenta os valores mais elevados de trioleína e de fenóis totais, o que lhe confere elevada estabilidade oxidativa.
Descrição: Artigo apresentado como comunicação no IV Simpósio Nacional de Olivicultura que decorreu em Elvas de 22 a 24 de Novembro de 2006.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1104
ISSN: 0368-9433
Aparece nas colecções:ESACB - Artigos em revistas com arbitragem científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Fitoesteróis, triacilgliceróis.pdf487,9 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.