Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1106
Título: Qualidade dos azeites virgens com Denominação de Origem Protegida (DOP)
Autor: Simões-Lopes, P.
Gouveia, J.B.
Peres, M.F.
Gouveia, C.
Henriques, L.R.
Pinheiro-Alves, M.C.
Freitas, A.M.
Palavras-chave: DOP
Azeite virgem extra
Análise sensorial
Detecção electrónica de aromas
Data: 2006
Editora: ENMP
Citação: PINHEIRO-ALVES, M.C. [et al.] (2006) - Qualidade dos azeites virgens com Denominação de Origem Protegida (DOP). Melhoramento. ISSN 0368-9433. Vol. 41, p. 210-216.
Resumo: Neste trabalho apresentam-se os resultados da caracterização de azeites virgens, das campanhas de 2002/03 e 2003/04, provenientes de 19 lagares, em quatro regiões com Denominação de Origem Protegida (DOP): Moura, Norte Alentejano, Alentejo Interior e Beira Interior (Beira Baixa). Pelos critérios de qualidade dos regulamentos comunitários, todos os azeites analisados foram classificados como virgem extra, O exame organoléptico mostra diferenças entre os azeites das diversas regiões que são confirmados, nalguns casos, recorrendo à detecção electrónica de aromas. Os parâmetros químicos mostram que os azeites de Moura se distinguem significativamente (p≤0.001) dos azeites das restantes regiões pelo teor em polifenóis totais, apresentando maior resistência à oxidação.
Descrição: Artigo apresentado como comunicação no IV Simpósio Nacional de Olivicultura que decorreu em Elvas de 22 a 24 de Novembro de 2006.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1106
ISSN: 0368-9433
Aparece nas colecções:ESACB - Artigos em revistas com arbitragem científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Qualidade dos azeites virgens.pdf2,87 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.