Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1137
Título: Inserção na vida profissional dos diplomados pela Escola Superior Agrária de Castelo Branco
Autor: Almeida, Celestino António Morais de
Orientador: Koehnen, Timothy
Palavras-chave: Percurso profissional
Inserção na vida activa
Data de Defesa: 1993
Editora: UTAD
Citação: ALMEIDA, Celestino António Morais de (1993) - Inserção na vida profissional dos diplomados pela Escola Superior Agrária de Castelo Branco. Vila Real : UTAD. 180 p. Dissertação de Mestrado.
Resumo: O presente estudo pretende contribuir para uma avaliação das condições de inserção na vida profissional dos diplomados da Escola Superior Agrária de Castelo Branco (ESACB). Nele se identificam as principais condicionantes que intervêm no processo de inserção na vida profissional, as condições de emprego, o tipo de funções desempenhadas pelos diplomados no emprego, a relação entre a formação e o emprego, as necessidades de formação especializada e as possíveis formas de apoio por parte da ESACB aos seus ex-alunos. Igualmente nos dá uma perspectiva da opinião que os diplomados têm sobre o papel desempenhado pela Escola, quer na sua formação, quer na sua inserção profissional. Apresenta, ainda, o nível de satisfação dos diplomados relativamente ao curso e ao emprego. Na execução do estudo utilizámos o método descritivo de investigação por levantamento. Para a recolha de dados procedeu-se à administração de um questionário por via postal a todos os diplomados pela ESACB, dos Cursos de Produção Agrícola, Produção Animal e Produção Florestal, até Junho de 1992. Os resultados que apresentamos reportam-se a uma taxa de resposta de 64%,109 respostas em 170 possíveis, repartidas de maneira mais ou menos uniforme por Curso, sexo e ano de formatura. A análise estatística dos dados, fundamentalmente descritiva, permitiu-nos a discussão dos resultados segundo as questões que colocámos no início do estudo. Terminamos o estudo com a apresentação das conclusões gerais e de algumas recomendações. De uma forma geral, podemos dizer que os diplomados da ESACB tiveram como principal obstáculo à inserção na vida profissional a falta de empregos relacionados com o Curso que a Escola lhes proporcionou. A formação não é posta em causa, mas sim o sector em que os Cursos estão inseridos, isto é, o sector agrário. Este facto conduz a que perante a dificuldade de obter um emprego relacionado com o Curso, os diplomados encontrem o seu primeiro emprego no ensino preparatório e secundário, onde se mantêm até conseguirem um emprego que lhes seja mais favorável. Face a isto, a relação da formação com o emprego e a satisfação profissional são negativamente afectadas. Apesar da manifesta falta de empregos, os diplomados apresentam uma certa mobilidade profissional, por forma a melhorarem as condições de emprego. Os diplomados do sexo feminino apresentam-se como alvo de tratamento desigual no processo de obtenção de emprego, sendo visíveis alguns sinais de discriminação.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade de Trás-os-montes e Alto Douro para obtenção do Grau de Mestre em Extensão e Desenvolvimento Rural.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1137
Aparece nas colecções:ESACB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM-Inserção na vida profissional.pdf87,67 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.