Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1154
Título: Análise da evolução de uma área localizada na Península de Setúbal na sequência de um processo de alteração de uso bem caracterizado
Autor: Quinta-Nova, Luís Cláudio de Brito Brandão Guerreiro
Palavras-chave: Ecologia
Alteração ambiental
Avaliação de impacte ambiental
Data de Defesa: 1995
Editora: UNL. FCT
Citação: QUINTA-NOVA, Luís Cláudio de Brito Brandão Guerreiro (1995) - Análise da evolução de uma área localizada na Península de Setúbal na sequência de um processo de alteração de uso bem caracterizado. Lisboa : UNL. FCT. 173 p. Dissertação de Mestrado.
Resumo: A partir de uma inventariação e caracterização dos elementos constituintes da estrutura ecológica regional de um espaço de uso em três momentos definidos, e da posterior análise da alteração da área do ponto de vista das estruturas biológicas, procura-se testar a validade e utilidade de vários índices de diagnóstico de forma a tirar-se conclusões das relações de causalidade entre as modificações do uso e as alterações ambientais verificadas, testando a utilidade de tais índices para a realização de estudos de Avaliação de impacte Ambiental. O presente estudo tem como objectivo analisar em termos de usos e funções ecológicas a evolução de uma área de características sub-regionais, localizada na Península de Setúbal. Como início das alterações considerou-se um marco histórico bastante definido, o ano de 1966 com a construção da ponte e estabelecimento de uma ligação rodoviária continua entre Lisboa e a Península de Setúbal. Para o momento inicial e para o momento actual procedeu-se a uma caracterização e análise estrutural dos principais elementos constituintes da estrutura ecológica, de forma a poder analisar-se a transformação da área do ponto de vista das estruturas biológicas. Em cada um destes momentos testou-se a validade e utilidade de vários índices funcionais e estruturais desenvolvidos por vários autores, designadamente por Forman et al. (1986); Shannon et al. (1962); Romme et al. (1982), Hoover et al. (1991); Short (1988). A análise diacrónica dos valores dos índices de avaliação e caracterização estrutural e ecológica permite caracterizar os impactes provocados pelas alterações de uso. Com base nesta análise procurou-se estabelecer uma comparação entre os resultados obtidos pelos vários métodos de avaliação dos impactes das alterações de uso e a evolução dos usos realmente verificada. Desta forma foi possível concluir das relações de causalidade existente entre as modificações do uso e as alterações ambientais verificadas.
Descrição: Dissertação apresentada à Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, para obtenção do Grau de Mestre em Ordenamento do Território e Planeamento Ambiental.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1154
Aparece nas colecções:ESACB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM-Análise da evolução de uma área.pdf85,65 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.