Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1183
Título: Vegetação autóctone aplicada a painéis de cobertura e fachadas verdes de edifícios urbanos - "Projeto GEOGREEN"
Autor: Delgado, F.M.G.
Silva, M.C.A.
Seco, F.
Ribeiro, S.
Palavras-chave: Herbáceas vivazes
Coberturas verdes
Endemismo
Flora autóctone
Adaptação cultural
Data: 2011
Editora: Associação Portuguesa de Horticultura
Citação: DELGADO, F.M.G. [et al.] (2011) - Vegetação autóctone aplicada a painéis de cobertura e fachadas verdes de edifícios urbanos - "Projeto GEOGREEN". In Jornadas Ibéricas de Horticultura, 5, Faro : Actas Portuguesas de Horticultura. ISBN 978-972-8936-11-2. 19: p. 328-340.
Resumo: A utilização de coberturas e fachadas verdes nos dias de hoje, tem como base questões de poupança de energia e de redução de poluição ambiental. Porém, coberturas e fachadas verdes oferecem benefícios múltiplos: criam um ambiente moderno, uma estética única e uma envolvente de edifícios que se altera com o passar do tempo; aumentam a eficiência energética de edifícios oferecendo sombreamento natural e arrefecimento no verão e, em algumas situações isolamento térmico no inverno. Neste trabalho apresentam-se os pressupostos da investigação-alvo do projecto “GEOGREEN-Waste geopolymeric binder-based natural vegetated panels for energyefficient building green roofs and facades”, nomeadamente, no que diz respeito às associações de espécies autóctones com maiores potencialidades de utilização neste tipo de estruturas, uma vez que, as mesmas, apresentam diversas condicionantes, pelo facto de se pretenderem monitorizar e aplicar em condições extremas de clima mediterrâneo seco-subhúmido e pH de ácido a básico. A utilização e valorização de espécies da flora autóctone e endémica não tem sido alvo de estudos com vista à integração nesta recente forma de ornamentação e ajardinamento de coberturas e fachadas edificadas. O maior problema estrutural é sua integração em fachadas, pelas condicionantes que a verticalidade impõe, condicionando o tipo de painel a desenvolver e o tipo de associações de vegetação a instalar. Neste trabalho, apresenta-se uma selecção de espécies de associações herbáceas e arbustivas vivazes que ocorrem na natureza, no território mesomediterrâneo e que suportam bem a xericidade e pH distintos. Recolheu-se também informação sobre as suas características morfológicas, fenológicas, de propagação e adaptação à cultura. Propoêm-se também espécies de outras associações que contribuem para o aumento da biodiversidade ou que ornamentalmente são mais apelativas.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1183
ISBN: 978-972-8936-11-2
Aparece nas colecções:ESACB - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Artigo Geogreen_JO.pdf152,8 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.