Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1231
Título: Caracterização do impacte das descargas da ETAR de Póvoa de Rio de Moinhos e Caféde no rio Ocreza
Autor: Almeida, Pedro Dinis Nunes
Palavras-chave: Rio Ocreza
Rio Ramalhoso
Estação de tratamento de águas residuais
Modelo matemático de simulação de qualidade da água
QUAL2Kw
Data de Defesa: 2011
Editora: IPCB. EST
Citação: ALMEIDA, Pedro Dinis Nunes ( 2011 ) - Caracterização do impacte das descargas da ETAR de Póvoa de Rio de Moinhos e Caféde no rio Ocreza. Castelo Branco: IPCB. EST. XV, 100 p. Tese de Mestrado
Resumo: O rio Ocreza, é um rio português com nascente na serra da Gardunha, no centro de Portugal, a uma altitude de 1160m e foz a 80km de distância, no rio Tejo. No percurso do rio, existem diversos afluentes, algumas praias fluviais e barragens que são utilizadas para actividades de recreio. O impacte das descargas das estações de tratamento de águas residuais, têm por essa razão que ser controladas, pois é crucial para a saúde das populações que utilizam essa água sem qualquer tratamento, quer nas suas actividades de recreio, quer na agricultura. Este trabalho centra-se nas descargas da ETAR - Estação de Tratamento de Águas Residuais - de Póvoa de Rio de Moinhos e de Cafede, realizadas no rio Ramalhoso, afluente do rio Ocreza. Foram recolhidas 12 amostras, georreferenciadas, na linha de água, entre o ponto de controlo a montante da ETAR de Póvoa de Rio de Moinhos e a confluência com o rio Ocreza. O primeiro ponto foi localizado a montante da primeira descarga pontual de efluente na linha de água (ETAR), o segundo ponto na caixa de descarga da ETAR e os restantes pontos foram distribuídos, dentro do possível, de forma equidistante pelo restante troço do rio, com excepção do sexto ponto excepção, que foi localizado na caixa da ETAR de Cafede. As campanhas de amostragem foram realizadas durante três épocas distintas ao longo do ano hidrológico de 2009/2010. A primeira campanha foi efectuada em Janeiro (estação chuvosa), a segunda campanha em Abril (estação temperada) e a terceira campanha em Junho de 2010 (estação seca). Foram analisados os seguintes parâmetros físico-químicos e microbiológicos: CBO5 – Carência Bioquímica de Oxigénio, aos cinco dias; OD – Oxigénio Dissolvido; resíduo seco; Ptotal; Ntotal; pH, Condutividade e Coliformes fecais. Foi ainda realizada uma simulação para a qualidade da água. O modelo matemático foi construido recorrendo ao programa QUAL2Kw. Os resultados da simulação são consistentes, tendo em consideração os valores observados na amostragem, demonstrando que o modelo foi correctamente calibrado, podendo com isso, traçar diferentes cenários de poluição e de tratamento, bem como introduzir as medidas necessárias à correcção dos parâmetros de incumprimento para as quais as ETAR demonstraram não ter tratamento adequado.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Infra-estruturas de Construção Civil apresentada à Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1231
Aparece nas colecções:ESTCB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese _Pedro Almeida.pdf9,13 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.