Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1328
Título: Avaliação da contribuição das descargas da ETAR de Alcains no rio Ocreza – Distrito de Castelo Branco
Autor: Silva, Ana Cristina Gonçalves
Palavras-chave: Ribeira da Líria
Estação de tratamento de águas residuais de Alcains (ETAR)
Análise em componentes principais
Análise de clusters
Estimação da qualidade da água
Data de Defesa: 2012
Editora: IPCB.ESTCB
Citação: SILVA, Ana Cristina Gonçalves (2012) - Avaliação da contribuição das descargas da ETAR de Alcains no rio Ocreza – Distrito de Castelo Branco. Castelo Branco: Instituto Politécnico de Castelo Branco. Escola Superior de Tecnologia. XII, 83 f. Dissertação de Mestrado.
Resumo: Os rios e as ribeiras têm bastante importância quer ao nível ecológico, patrimonial, paisagístico, cultural, pedagógico ou urbanístico. São espaços vitais para numerosas espécies e possibilitam ao Homem uma grande multiplicidade de usos. A gestão dos recursos hídricos contempla obrigatoriamente a análise da qualidade da água para os seus diversos usos. Para que seja cumprida esta meta, ou seja para que a água possa ser utilizada, é fundamental revitalizar os rios e as ribeiras, por forma a que possam ser permitidos novos usos e para que não sejam utilizados somente como meio para descargas de águas residuais e drenagem de águas pluviais. Para ser possível a requalificação destes meios, é necessária a implementação de política de recuperação, conservação e uma gestão eficaz ao nível da totalidade das bacias hidrográficas. Wisler e Brater em Hidrologia, 1964, referem-se à hidrologia como a ciência que trata dos processos que gerem a degradação e a recarga dos recursos hídricos. A ribeira da Líria é um dos afluentes do rio Ocreza e é sobre esta ribeira que incide este estudo. Estes cursos de água localizam-se na bacia hidrográfica do rio Tejo. Neste estudo, pretende-se avaliar a qualidade da água superficial ao logo da ribeira da Líria, assim como, o impacte que a ETAR de Alcains tem sobre este meio recetor. Para que seja possível caracterizar o estado de qualidade da água, foram realizadas três campanhas para recolha de amostras de água, durante o ano hidrológico de 2010. A primeira campanha, no mês de Janeiro (época húmida); a segunda campanha, no mês de Abril (época temperada) e a terceira campanha, no mês de Junho (época seca). Foram analisados, em laboratório, os seguintes parâmetros: Sólidos Suspensos Totais (SST), Carência Bioquímica de Oxigénio (CBO5), Carência Química de Oxigénio (CQO), Azoto Total (N-total), Fósforo Total (P-total), Coliformes Fecais (CF). Foram, ainda, realizadas "in situ” medições aos seguintes parâmetros: Temperatura (T), Potencial Hidrogeniónico (pH), Condutividade Elétrica (µS/cm), Oxigénio Dissolvido (OD), Potencial de Oxidação-Redução (ORP) e Sólidos Totais Dissolvidos (STD). Ao longo do curso de água definiu-se a malha de amostragem de dezoito pontos de recolha, previamente georreferenciados. A metodologia adotada assenta, numa primeira fase na aplicação conjunta da Análise em Componentes Principais e Análise de Clusters, permitindo descrever e classificar as relações entre as variáveis medidas e as observações. Numa segunda fase, foram construídos diagramas de representação espacial adaptando o programa RESICAD - software utilizado para o cálculo de redes de esgotos - para a representação espacial estimada, ao longo da ribeira da Líria, para os diversos parâmetros estudados. A classificação da qualidade adotada foi a desenvolvida pelo Instituto Nacional da Agua e permitiu concluir que existem alguns parâmetros que se encontram acima dos limites regulamentares ao longo do ano hidrológico de 2010 como é o caso do CBO5, Coliformes Fecais e a Carência Química de Oxigénio.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Infra - Estruturas de Construção Civil apresentada à Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1328
Aparece nas colecções:ESTCB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
v4_TESE_final.pdf4,67 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.