Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1330
Título: Avaliação da contribuição das descargas das ETARs de Castelo Branco no rio Ocreza – Distrito de Castelo Branco
Autor: Carvalho, Norberto Cardoso
Palavras-chave: Rio Ocreza
Ribeira da Líria
Estação de tratamento de águas residuais
Qualidade da água
QUAL2Kw
Data de Defesa: 2012
Editora: IPCB.ESTCB
Citação: CARVALHO, Norberto Cardoso (2012) - Avaliação da contribuição das descargas das ETARs de Castelo Branco no rio Ocreza – Distrito de Castelo Branco. Castelo Branco: Instituto Politécnico de Castelo Branco. Escola Superior de Tecnologia. X, 88 f. Dissertação de Mestrado.
Resumo: A ribeira da Líria é um dos principais afluentes do Rio Ocreza. O rio Ocreza nasce na Serra da Gardunha, no centro de Portugal, a 1160 metros de altitude e estende-se por 80 km até desaguar no rio Tejo. A área da bacia do rio Ocreza apresenta 1427 km2 e integra várias ribeiras como afluentes. A ribeira da Líria é o principal afluente na margem esquerda do rio Ocreza, constitui o curso de água mais próximo de Castelo Branco e atravessa, canalizado, a vila de Alcains; pelo que é utilizado na descarga dos efluentes das Estações de Tratamento de Aguas Residuais (ETAR) de Castelo Branco e Alcains. A água da ribeira da Líria é utilizada na rega de áreas agrícolas localizadas próximo desta ribeira. Ao longo do rio Ocreza existem algumas praias fluviais e barragens (Sta. Águeda e Pracana) que são usadas para abastecimento público e em atividades de lazer. A qualidade da água é fundamental pelo que se torna essencial caracterizar, monitorizar e, principalmente, controlar o impacte das descargas das Estações de Tratamento de Águas Residuais nas linhas de água. O presente trabalho tem por principal objetivo o estudo do impacte das descargas das Estações de Tratamento de Águas Residuais de Alcains e de Castelo Branco na ribeira da Líria e a simulação da qualidade da água, recorrendo a um conjunto de parâmetros físico-químicos, com aplicação do software QUAL2Kw. A recolha de amostras de água foi efetuada entre a vila de Alcains e a secção da ribeira da Líria situada a 11,7 km da confluência com o rio Ocreza, em dezoito locais de amostragem previamente selecionados e georreferenciados. O primeiro ponto de recolha localizou-se a montante da zona de descarga, e os restantes pontos foram distribuídos de forma aproximadamente equidistante pelo curso em estudo da ribeira da Líria. Foram, ainda, colhidas amostras na estação elevatória de Alcains, na caixa de visita do coletor residual proveniente do matadouro de Alcains, na caixa de saída da ETAR de Alcains e na zona de confluência da descarga da ETAR Sul de Castelo Branco. As campanhas realizaram-se durante três épocas distintas, ao longo do ano hidrológico de 2010, correspondendo aos períodos de: inverno chuvoso (Janeiro 2010), temperado (Abril 2010) e seco (Junho 2010). Com estas três campanhas de amostragem foi avaliada a variabilidade temporal e espacial dos diversos parâmetros ao longo da ribeira da Líria. Os parâmetros físico-químicos e microbiológicos analisados foram os seguintes: temperatura, pH, condutividade elétrica, sólidos totais dissolvidos (SDT), concentração de oxigénio dissolvido (OD), sólidos suspensos totais (SST), carência bioquímica de oxigénio (CBO5), carência química de oxigénio (CQO), Fósforo Total (Ptotal), Azoto Total (Ntotal), coliformes fecais e potencial de oxidação-Redução (ORP). Estes parâmetros são utilizados como indicadores na avaliação dos níveis de contaminação ou poluição no corpo de água, sendo utilizados na simulação da qualidade da água na ribeira da Líria utilizando o software QUAL2Kw (Pelletier, e Chapra, 2006). Os resultados obtidos nas simulações e respetiva classificação da qualidade da água, permitem concluir que as descargas das ETAR de Alcains e de Castelo Branco, afetam consideravelmente a qualidade das águas da ribeira da Líria.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Infra - Estruturas de Construção Civil apresentada à Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Castelo Branco.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1330
Aparece nas colecções:ESTCB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE_final_norberto.pdf3,9 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.