Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1333
Título: Coeficientes de comportamento de pórticos metálicos com ligações semi-rígidas
Autor: Magalhães, Luís Miguel Marinho Barbosa de
Palavras-chave: Pórticos metálicos
Ligações semi-rígidas
Acção sísmica
Coeficientes de comportamento
Data de Defesa: 2004
Citação: MAGALHÃES, Luís Miguel Marinho Barbosa de (2004) – Coeficientes de comportamento de pórticos metálicos com ligações semi-rígidas. Coimbra: UC. Faculdade de Ciências e Tecnologia. XXXVI, 256 f. Dissertação de Mestrado.
Resumo: Apresentam-se neste estudo paramétrico metodologias que permitem obter coeficientes de comportamento sísmico de pórticos metálicos com ligações semi-rígidas, caracterizadas por diferentes curvas momento-rotação e grau de rigidez, com particular realce para o efeito do aumento de resistência das ligações em regime elástico e em regime pós-elástico em função da sua capacidade dúctil. Estas metodologias são baseadas em análises dinâmicas não-lineares no domínio do tempo, permitindo calcular os coeficientes de comportamento com base, por um lado, em níveis de performance ou estados limite (serviço; acumulação de danos e último preconizada por Dubina ou, por outro lado, com base em traçado de curvas que relacionam o coeficiente de comportamento com o nível de ductilidade da estrutura preconizada por Ballio. O estudo foi efectuado recorrendo a modelação numérica no programa de elementos finitos “LUSAS”, aplicado a pórticos com capacidade de dissipação de energia em termos de momentos flectores dos elementos e ligações. Foi utilizada uma análise geometricamente não-linear, considerando para as ligações um modelo não-linear com o material a ter um comportamento elásto-plástico semelhante tanto em tensão como em compressão. A acção sísmica considerada é a definida pelo Eurocódigo 8, sendo usados acelerogramas artificiais que resultam dos espectros de resposta elásticos. Usaram-se também modelos numéricos para determinar o comportamento bilinear momento-rotação dos tipos mais correntes de ligação viga-coluna, nomeadamente as soldadas e aparafusadas com placa de extremidade rasa ou estendida. O método usado baseia-se no “método dos componentes” preconizado no Eurocódigo 3, que permite caracterizar o seu comportamento em termos de resistência, rigidez e ductilidade. Os resultados obtidos, por via analítica ou através dos modelos numéricos, são comparados, possibilitando também classificar cada uma das ligações quanto à resistência e quanto à rigidez.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Engenharia Civil área de especialização em Estruturas apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1333
Aparece nas colecções:ESTCB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Coeficientes de Comportamento de Pórticos Metálicos com Ligações Semi-Rígidas.pdf4,96 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.