Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1442
Título: Qualidade de vida da população idosa em tratamento de hemodiálise: papel da Fisioterapia
Autor: Branco, Diogo
Clemente, Paulo
Pinheira, Vítor
Palavras-chave: Hemodiálise
Exercício
Funcionalidade
Qualidade de vida
Data: 20-Set-2012
Citação: BRANCO, Diogo; CLEMENTE, Paulo; PINHEIRA, Vítor - Qualidade de vida da população idosa em tratamento de hemodiálise: papel da Fisioterapia. In Curso Pós-Graduado Sobre Envelhecimento, 10, Coimbra, 20-21 setembro, 2012 - Geriatria Prática. Coimbra: HUC, 2012 . p. 1-16
Resumo: O envelhecimento é um processo biológico e psicológico que afeta os indivíduos a nível pessoal, familiar e social. É um processo de perda gradual das funções orgânicas. É considerado multi-dimensional e multifatorial, em que condições crónicas são uma realidade, podendo originar incapacidade e restrição da participação dos sujeitos. O exercício terapêutico apresenta-se como uma intervenção eficaz para a redução e atraso dos efeitos da incapacidade associados ao envelhecimento. A intervenção da fisioterapia em unidades de hemodiálise não é, ainda, uma realidade comum, apesar de alguns estudos internacionais referirem a existência da mesma. Inclusivamente, em Portugal, o Fisioterapeuta não consta na equipa de técnicos recomendados para estas unidades. Objetivo: Pretendeu-se com esta intervenção potenciar a funcionalidade e qualidade de vida dos utentes da Unidade de Hemodiálise da ULSCB, EPE, através do exercício terapêutico. Metodologia: O programa de intervenção envolveu 9 sujeitos de 69,67 ± 3,97 anos. A intervenção teve a duração de 5 semanas e frequência de 3 sessões/semana, durante as duas primeiras horas de hemodiálise. A intervenção consistiu num conjunto de exercícios para os membros superiores e inferiores com pesos livres, de evolução progressiva de acordo com a capacidade física de cada participante. Foram ainda realizadas 3 palestras com uma vertente de ensino aos sujeitos. Discussão: Como implicações para a prática, este Programa de Intervenção obteve resultados ao nível da redução da dispneia, nível de depressão, ansiedade e stress, e dor, bem como um aumento de conhecimentos dos utentes sobre o exercício. De um modo geral, este programa promoveu melhorias nas relações sociais e do bem-estar da população, nos cuidados de saúde prestados e ao nível da funcionalidade dos participantes. O modelo pode ser facilmente adotado e reproduzido por outras unidades de hemodiálise, em colaboração com profissionais e serviços de fisioterapia.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1442
Aparece nas colecções:ESALD - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Apresentação Coimbra pdf.pdf1,12 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.