Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1539
Título: Efeitos do exercício terapêutico em água vs terra no tratamento da doença venosa crónica: um protocolo de exercício estruturado
Outros títulos: Effects of water-exercise versus land-exercise therapy in the management of chronic venous disease: a structured exercise protocol
Autor: Vieira, André
Crisóstomo, Rute
Pires, Diogo
Palavras-chave: Insuficiência venosa crónica
Exercício
Hidroterapia
Data: 10-Out-2012
Editora: Politécnica: Associação dos Institutos Politécnicos do Centro
Citação: VIEIRA, André; CRISÓSTOMO, Rute; PIRES, Diogo (2012) - Efeitos do exercício terapêutico em água vs terra no tratamento da doença venosa crónica: um protocolo de exercício estruturado=Effects of water-exercise versus land-exercise therapy in the management of chronic venous disease: a structured exercise protocol. In MatchMaking Research, Guarda, 10 de outubro. [S.L]: Politécnica. Comunicação oral.
Resumo: Introdução: O exercício terapêutico é descrito como uma intervenção benéfica no tratamento de Insuficiência Venosa Crónica (IVC). Os seus objectivos relacionam-se com a otimização da bomba muscular venosa, contudo é dada pouca relevância ao tipo de exercício e aos seus efeitos a curto/médio prazo. Objectivos: Avaliar os efeitos do exercício estruturado em água e no solo em sujeitos com IVC. Métodos/Desenho: Trata-se de um estudo longitudinal controlado, cuja amostra será constituída por pessoas entre os 18-65 anos diagnosticadas com IVC categorizada entre C3_5 na classificação Clínica Etiológica Anatómica e Patológica (CEAP), que preencham os critérios de seleção e assinem o consentimento informado. Após participação numa sessão educacional, a amostra será dividida em 3 grupos: intervenção com exercício aquático; intervenção com exercício no solo; sem intervenção. Os grupos sujeitos ao exercício seguirão um protocolo estruturado (2 vezes por semana durante 8 semanas) focado no treino de força, resistência e flexibilidade dos membros inferiores, orientado por um fisioterapeuta. Os outcomes em estudo serão a força e amplitude activa de flexão dorsal/plantar do tornozelo, qualidade de vida, funcionalidade e sintomas, sendo mensurados através de dinamometria isocinética, questionários Qualidade de Vida na Insuficiência Venosa (CIVIQ-20) e Estado de Saúde Funcional (FSQ) e Escala Visual Analógica (EVA), respectivamente. Todas as avaliações serão realizadas antes e depois da intervenção e 6 meses após o início dos tratamentos. Discussão: Pretende-se obter informações acerca da efectividade do exercício estruturado no tratamento da IVC, assim como o papel das propriedades da água durante a prática do exercício nesta população.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1539
Aparece nas colecções:ESALD - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MatchMaking Research - Guarda 10-10-2012.pdf2,35 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.