Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1545
Título: A aplicação de ferramentas SIG na delimitação da Reserva Ecológica Nacional e Reserva Agrícola Nacional para o concelho de Mêda
Autor: Fidalgo, David José Anselmo
Orientador: Fernandez, Paulo Alexandre Justo
Quinta-Nova, Luís Cláudio de Brito Brandão Guerreiro
Palavras-chave: Análise espacial
Concelho de Mêda
Modelação geográfica
Reserva Agrícola Nacional
Reserva Ecológica Nacional
Data de Defesa: 2012
Editora: IPCB. ESA
Citação: FIDALGO, David José Anselmo (2012) - A aplicação de ferramentas SIG na delimitação da Reserva Ecológica Nacional e Reserva Agrícola Nacional para o concelho de Mêda. Castelo Branco : IPCB. ESA. 1 CD-ROM. Dissertação de Mestrado.
Resumo: Este estudo permitiu desenvolver e avaliar uma metodologia de análise e modelação geográfica para a delimitação das áreas que integram a Reserva Ecológica Nacional (REN) e a Reserva Agrícola Nacional (RAN), para o Concelho de Mêda. A REN e a RAN, são restrições de utilidade pública, cuja delimitação obedece a critérios diversos de natureza geomorfológica, topográfica, pedológica, biológica, hídrica, hidrogeológica, climatológica e de uso e tipo de solo. Para a determinação da REN foi necessário delimitar separadamente todas as áreas relevantes para a sustentabilidade do ciclo hidrológico terrestre e de prevenção de riscos naturais, presentes na área de estudo: albufeiras, áreas estratégicas de protecção e recarga de aquíferos, áreas de elevado risco de erosão hídrica do solo, áreas de instabilidade de vertentes e zonas ameaçadas pelas cheias, utilizando para o efeito, um conjunto de métodos de análise espacial, dos quais se salientam a modelação hidrográfica e a álgebra de mapas. Para delimitar as áreas a integrar a RAN utilizou-se um método análise de vários parâmetros (temperatura, enraizamento, fertilidade, toxicidade, disponibilidade hídrica, drenagem, erosão, obstáculos e declives), que permitem determinar a aptidão de um solo para a produção agrícola. A aplicação das metodologias permitiu delimitar as diferentes classes regulamentadas para integração em RAN, ou seja, definiram-se as áreas de maior capacidade a nível agrícola num total de 4276,3 ha o que corresponde a cerca de 15% da área total do concelho. No caso da REN foi possível delimitar as zonas referentes aos sistemas biofísicos referidos anteriormente, que na sua totalidade ocupam 9691,3 ha, ou seja cerca de 34% da área total do concelho e produziu-se uma proposta de carta de REN para o concelho de Mêda.
Descrição: Dissertação apresentada à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco para obtenção do Grau de Mestre em Sistemas de Informação Geográfica – Recursos Agro – Florestais e Ambientais, Especialização em Análise de Informação Geográfica
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1545
Aparece nas colecções:ESACB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE_MESTRADO_V5_24_jul_FIM.pdf5,55 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.