Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1549
Título: Inter-relação empreendedorismo e literacia financeira: contributos para o desenvolvimento regional
Autor: Cruz, Ana
Palavras-chave: Empreendedorismo
Literacia financeira
Desenvolvimento regional
Data: Out-2012
Editora: Associação Portuguesa para o desenvolvimento Regional
Citação: CRUZ, Ana (2012) - Inter-relação empreendedorismo e literacia financeira: contributos para o desenvolvimento regional. In 14º Workshop APDR. Empreendedorismo e Desenvolvimento Regional, Setúbal. 5 de Outubro : atas. Angra do Heroísmo: Associação Portuguesa para o desenvolvimento Regional. p. 391-401.
Resumo: O empreendedorismo tendo sido objeto de diversa literatura, bem como alvo de vários projetos na área, no sentido de promover o empreendedorismo enquanto pilar essencial para o desenvolvimento económico. Exemplo é o projeto GEM (Global Entrepreneurship Monitor), referência a nível mundial na monitorização das dinâmicas de Empreendedorismo no mundo, o qual estuda o papel do empreendedorismo enquanto fator de crescimento económico de países e nações e sugere políticas adequadas para que possam aumentar o seu nível da actividade de empreendedorismo. Recentemente, a literacia financeira tem vindo a preocupar as entidades públicas e privadas a nível internacional e nacional. No lado americano, a agência governamental GAO (Government Accountability Office) aponta vários estudos que convergem no facto de que a grande maioria dos adultos e estudantes desconhece conceitos básicos sobre economia, incluindo os riscos associados a cada opção de investimento, e sublinha que a pobre literacia financeira pode reduzir o bem-estar económico. Semelhantemente, a Comissão Europeia reconhece os benefícios da oferta de um nível adequado de educação financeira aos cidadãos de todas as idades e classes. Por seu turno, a Associação Portuguesa de Bancos (APB) define que a “Literacia financeira é ter cidadãos instruídos e informados (…) para que possam tomar decisões económicas e financeiras fundamentadas (…) que contribuam para a sua qualidade de vida e para a estabilidade macroeconómica”. Destaca-se ainda, o estudo PISA (Programme of International Student Assessment) pela OCDE que testará a literacia financeira dos alunos de países, dando como exemplo que entre os 15 e os 18 anos a maioria dos jovens toma uma decisão financeira importante: investir ou não na educação em termos de ensino superior. Não será esta a primeira atitude empreendedora relevante para a maioria dos estudantes que optam por este investimento? O objectivo deste trabalho é, identificar factores que contribuam para a melhoria da eficácia das políticas/atividades públicas e privadas de incentivo às práticas de empreendedorismo, sendo dado especial ênfase ao papel da literacia financeira. Além de exemplos/exercícios, será apresentado um jogo de simulação que pretende desenvolver, em simultâneo, as duas competências: desenvolvimento de uma atitude criativa/empreendedora e aumento da literacia financeira do público-alvo.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1549
ISBN: 978-989-96353-4-0
Aparece nas colecções:ESGIN - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Inter.pdf186,89 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.