Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1556
Título: Formação inicial de professores em educação especial : análise da percepção das práticas e de necessidades
Autor: Mesquita, Helena
Rodrigues, David
Palavras-chave: Formação inicial de professores
Educação especial
Integração
Currículo
Necessidades Educativas Especiais
Data: Mar-1996
Editora: Escola Superior de Educação de Castelo Branco
Citação: MESQUITA, Helena ; RODRIGUES, David (1996) - Formação inicial de professores em educação especial: Análise da percepção das práticas e de necessidades. Educare/Educere : Revista da Escola Superior de Educação. ISSN 0873-0504. Ano II, nº 2 (Março), p. 75-88.
Resumo: A educação de crianças com necessidades educativas especiais tem sofrido algumas mudanças ao longo dos tempos. A partir da década de 70 as mudanças em Educação Especial direcionam-se no sentido de uma progressiva integração da criança com necessidades educativas especiais na escola regular. Neste processo o professor do ensino regular tem um papel importante, na medida em que este se confrontará cada vez mais com crianças com necessidades na sua sala de aula, o que o leva também a confrontar-se com metodologias diferentes, novas técnicas de trabalho e diferentes estratégias, daí que ele tenha que estar consciente do seu papel e da sua função. O sistema pretende proporcionar aos futuros professores, logo na sua formação inicial, uma sensibilização às necessidades educativas especiais, para que possam desempenhar melhor o seu papel. Assim, o presente trabalho de investigação procurou analisar se as opiniões sobre a formação inicial de professores em necessidades educativas especiais, coincidem entre professores que são responsáveis por essa formação e professores que estão no campo de intervenção com crianças integradas. O instrumento utilizado para recolher a opinião dos professores foi o questionário, tendo sido construído a partir de entrevistas e da análise da literatura. Os resultados obtidos mostram que os dois grupos estão em total acordo com a necessidade de todos os cursos de formação inicial de professores conterem nos seus currículos disciplinas ligadas à educação especial. Os resultados sugerem ainda que existe algum consenso sobre a importância relativa dos conteúdos a ministrar, ainda que sejam detectadas diferenças de pormenor quanto à ordenação valorativa desses mesmos conteúdos. Verificou-se ainda que os sistemas de formação de professores e o de atendimento a crianças com necessidades educativas especiais parecem funcionar de uma forma articulada, embora autónomos. A investigação termina deixando registadas algumas recomendações/sugestões para as alterações curriculares a realizar onde se considere necessário.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1556
ISSN: 0873-0504
Aparece nas colecções:EDUCARE/EDUCERE: Revista da Escola Superior de Educação

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Educare-educere-Formação inicial de professores.pdf6,17 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.