Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1577
Título: Como melhorar a rentabilidade das explorações leiteiras
Autor: Rodrigues, A.M.
Oliveira, C.
Guimarães, J.
Palavras-chave: Rentabilidade
Produção de leite
Alimentação
Reprodução
Mamite
Data: 2012
Editora: Associação Portuguesa dos Criadores de Raça Frísia
Citação: Rodrigues, A.M. ; Oliveira, C. ; Guimarães, J. (2012). Como melhorar a rentabilidade das explorações leiteiras. A Vaca Leiteira, 119: 68-76.
Resumo: Com este trabalho pretendemos apresentar algumas ideias que poderão contribuir para melhorar a rentabilidade das explorações leiteiras. De entre os muitos fatores que condicionam a rentabilidade das explorações leiteiras destacamos o custo da alimentação, os dias em leite (DEL), a qualidade do leite produzido e alguns parâmetros reprodutivos como o intervalo entre partos (IP-P), o número de inseminações por inseminação artificial fecundante (IA/IAF) e a idade das novilhas ao primeiro parto. Como o custo da alimentação representa 50 a 68% do custo total de litro de leite produzido e uma vez que o preço das matérias-primas estão em constante alteração, propõem-se uma aplicação informática de fácil utilização a que o produtor poderá recorrer para tomar decisões rápidas quanto às matérias-primas a utilizar no Unifeed no dia seguinte, mantendo o valor nutricional da mistura adequado aos objetivos produtivos da vacaria. Também se propõe o aumento da produção de forragens na própria exploração (milho e azevém para silagem) como forma de reduzir a dependência dos preços dos alimentos comprados fora que o produtor individual não controla. O DEL médio do efetivo em produção deverá situar-se entre 150 e 170 dias. O aumento do DEL vai ter implicações diretas na diminuição da produção média diária de leite da vacaria. A existência de vacas mamíticas na exploração vai afetar as bonificações atribuídas ao preço do leite com baixa contagem de células somáticas o que, associado à redução da produção diária de leite provocada pelas mamites, são fatores com implicações diretas na rentabilidade da exploração. Alguns parâmetros reprodutivos como o IP-P de 365 dias, o número ideal de 1,7 IA/IAF e a idade das novilhas ao primeiro parto de 24 meses deverão ser valores objetivo para a exploração. Valores mais elevados vão ter implicações no custo do litro de leite produzido com consequências negativas para o sucesso económico da exploração.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1577
Versão do Editor: http://www.apcrf.pt/gca/?id=209
Aparece nas colecções:ESACB - Artigos em revistas sem arbitragem científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Melhorar_rentabilidade_exploração_leiteira.pdf613,29 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.