Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/180
Título: Perda de fósforo por drenagem e evolução do teor em fósforo de um Cambissolo sujeito a produção de suínos ao ar livre
Autor: Monteiro, M.C.H.
Batista, M.S.
Roque, N.
Afonso, F.
Duarte, S.
Almeida, J.P.F.
Palavras-chave: Solo
Drenagem
Teor em fósforo
Cambissolo
Data: 2008
Citação: MONTEIRO, M.C.H. [et al.] (2008) - Perda de fósforo por drenagem e evolução do teor em fósforo de um Cambissolo sujeito a produção de suínos ao ar livre. In Congresso Ibérico da Ciência do Solo, 3, Évora, 1-4 Jul.
Resumo: A Suinicultura extensiva, caracterizada por um baixo encabeçamento é considerada uma forma de produção mais amiga do ambiente relativamente à suinicultura intensiva. É objectivo deste trabalho avaliar a influência que a produção de suínos ao ar livre pode ter, em determinadas circunstâncias, sobre o conteúdo em P do solo e sobre as perdas de P por drenagem interna contribuindo deste modo para a poluição difusa, numa unidade experimental de produção de suínos parqueados ao ar livre. Esta unidade experimental situa-se na quinta da Escola Superior Agrária de Castelo Branco – Portugal, consta de uma área total de 2.8 ha e está dividida em 6 parques. Os animais encontram-se distribuídos por estes parques de acordo com a idade, estado fisiológico e sexo. Assim, existe um parque para leitões, quatro para porcas reprodutoras e um parque para varrascos. As raças em estudo são: Alentejana e Bízara O solo onde se instalou a unidade de demonstração é um cambisolo dístrico (FAO, 1998), de textura ligeira, pouco ácido e pobre em matéria orgânica. O declive dos parques varia entre os 5 e os 30 %. Antes da instalação da unidade experimental o solo foi caracterizado nas suas propriedades químicas. Em Fevereiro de 2007 realizou-se uma colheita conjunta de terra e de lixiviados em pontos georeferenciados desta unidade experimental. A água lixiviada foi recolhida em cápsulas de porcelana instaladas a 0,60 m de profundidade. Analisaram-se os seguintes parâmetros nas amostras de terra: Pi, Po, P-Olsen, P-AL e nos lixiviados analisou-se o Pt, Pd. Os resultados obtidos mostram um aumento em P do solo e uma elevada correlação entre o conteúdo em P do solo e a sua concentração nas águas de drenagem interna. Também evidenciam um comportamento distinto no solo entre as formas de Po e Pi. O Po apresenta uma tendência a acumular-se e a homogeneizar-se no solo, enquanto que o Pi tende a sofrer lixiviação, apresentando uma elevada variabilidade. As zonas onde ocorre maior acumulação de P são também, as zonas onde se verifica um maior transporte de P para as águas de drenagem interna. A concentração em Pt dos lixiviados nestas zonas atinge valores superiores a 0,1 mg Pt L-1, valor considerado limite em termos de impactos negativos sobre a qualidade das águas subterrâneas no que diz respeito ao seu potencial eutrofizante para as águas superficiais.
Descrição: Comunicação oral apresentada no III Congresso Ibérico de Ciência do Solo que decorreu em Évora de 1 a 4 de Julho de 2008.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/180
Aparece nas colecções:ESACB - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Perda de Fósforo_IIICICS_08.pdf2,65 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.