Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/19
Título: Influência da fertilização azotada na susceptibilidade de pessegueiro a Phomopsis amygdali - ensaio em vasos
Autor: Simões, M.P.
Calouro, F.
Luz, J.P.
St. Aubyn, A.
Mexia, A.
Palavras-chave: Pessegueiro
Phomopsis amygdali
Nutrição
Fertilização azotada
Produção integrada
Data: 2008
Editora: Congresso Nacional de Produção Integrada
Citação: SIMÕES, M.P. [et al.] (2008) - Influência da fertilização azotada na suceptibilidade de pessegueiro a Phomopsis amygdali - ensaio em vasos. In Congresso Nacional de Produção Integrada, 2. Encontro Nacional de Protecção Integrada, 8, Ponte de Lima.
Resumo: A utilização de doses elevadas de fertilização azotada é frequente em agricultura, devido ao grande efeito que exerce sobre a vegetação das culturas, não sendo, no entanto, tão conhecido o seu efeito na susceptibilidade a parasitas. Para avaliação do efeito da fertilização azotada em pessegueiro na susceptibilidade que esta cultura apresenta a Phomopsis amygdali foi estabelecido um ensaio, que decorreu de Abril de 2003 a Abril de 2007, com pessegueiros da cultivar Springcrest, instalados em vasos e sujeitos a quatro níveis de fertilização azotada – N0 (sem fertilização azotada), N1 (fertilização deficiente), N2 (fertilização considerada adequada ou suficiente) e N3 (fertilização excessiva). No final de cada ciclo vegetativo, procedeu-se à inoculação das plantas com uma cultura de P. amygdali, sendo a avaliação da susceptibilidade quantificada através da medição do comprimento de cada cancro desenvolvido nos locais da infecção. A susceptibilidade a P. amygdali de pessegueiros da cv. Springcrest foi condicionada não só pela fertilização como pelas condições climáticas, nomeadamente a precipitação. A Análise de Correspondências Múltiplas permitiu associar os cancros de grandes dimensões a condições de precipitação mais elevada e doses excessivas de azoto, enquanto os cancros de menores dimensões estiveram associados a condições de precipitação mais baixa não sendo tão marcado o efeito da fertilização azotada.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/19
Aparece nas colecções:ESACB - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
52-Paula-Simoes- Congresso N Produção Integrada Nov-2008 _final_.pdf439,3 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.