Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/1900
Título: Indicadores de qualidade e práticas de cuidados de enfermagem nos cuidados de longa duração
Outros títulos: Quality indicators and nursing care practices in long term care
Autor: Grilo, Eugénia
Mendes, Felismina
Palavras-chave: Indicadores de qualidade
Cuidados de longa duração
Rácios de cuidados de enfermagem
Data: 24-Mai-2013
Citação: GRILO, Eugénia; MENDES, Felismina (2013) - Indicadores de qualidade e práticas de cuidados de enfermagem nos cuidados de longa duração. In Congresso Internacional de Qualidade em Saúde e Segurança do Doente, 3, Lisboa, 24-25 Maio-proceedings Lisboa: CIQSSD. p. 67-70
Resumo: Pretendeu-se com este estudo dar a conhecer a realidade dos Cuidados de Longa Duração numa determinada área geográfica do país e alertar os responsáveis e decisores políticos para a necessidade de um novo olhar sobre os cuidados de saúde prestados nestes contextos. Estudaram-se seis estruturas residenciais para idosos e os rácios de cuidados de enfermagem e os discursos dos atores foram interpretados à luz dos indicadores de qualidade disponibilizados pelo European Centre for Social Welfare Policy and Research. O número de horas de cuidados de enfermagem apresenta um défice muito elevado. O melhor rácio, de 0,17 horas por dia e por utente, é um valor muito diferente do considerado como requisito de qualidade mínima, ou 50%, que é de 0.31 horas. Os discursos dos enfermeiros e dos idosos confirmam esta desadequação e os constrangimentos que dela decorrem
The aim of this study was to make known the reality of long-term care in a specific geographic area of Portugal and alert policy makers to the need a new perspective on health care provided in these settings. We studied six senior living facilities and nursing care ratios and the speeches of the actors were interpreted in light of Indicators for care homes provided by the European Centre for Social Welfare Policy and Research. The number of hours of nursing care, have a very high deficit. Best ratio was 0.17 hours per day and per user, very different from the value considered as minimum quality requirement, or 50%, which is 0.31 hours. The speeches of the nurses and elderly confirm this mismatch and constraints deriving from.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/1900
ISBN: 978-989-20-3849-0
Aparece nas colecções:ESALD - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Indicadores qualidade.pdf58,56 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.