Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/2097
Título: Sexualidade na terceira idade : conhecimentos e atitudes de cuidadores formais de pessoas idosas
Autor: Senra, Ana Margarida Magalhães
Orientador: Saraiva, Horácio Pires Gonçalves Ferreira
Pinheira, Vítor Manuel Barreiros
Palavras-chave: Sexualidade
Idosos
Conhecimento
Atitudes
Cuidadores formais
Sexuality
Elderly
Knowledge
Attitudes
Formal caregivers
Data de Defesa: 28-Nov-2013
Resumo: A sexualidade na terceira idade ainda constitui um tabu, nomeadamente no contexto institucional. Nas últimas décadas têm ocorrido alterações demográficas profundas que conduziram a um aumento do número de idosos institucionalizados, de forma a dar resposta às necessidades dos mesmos. Este estudo pretende conhecer os níveis de conhecimentos e das atitudes dos cuidadores formais de pessoas idosas, como se relacionam entre si e com as características sociodemográficas. A amostra é de conveniência, constituída por 329 indivíduos que aceitaram participar voluntariamente na investigação através do preenchimento do formulário de dados sociodemográficos e do questionário Aging Sexual Knowledge and Attitudes Scale. Este avalia os conhecimentos e as atitudes em relação à sexualidade na terceira idade. Este estudo é do tipo transversal, quantitativo, exploratório, comparativo e correlacional. Foi encontrada uma correlação positiva entre os níveis de conhecimentos e de atitudes e, de uma forma geral, os cuidadores apresentam bons níveis de conhecimentos e atitudes permissivas em relação à sexualidade na terceira idade. Todavia, existe uma diferença estatisticamente significativa entre o grupo de técnicos qualificados e o grupo dos auxiliares, sendo que os primeiros apresentam níveis de conhecimentos mais elevados e atitudes mais permissivas. De uma forma geral, os indivíduos com níveis de habilitações mais elevados apresentam melhores níveis de conhecimentos e atitudes mais permissivas. Os sujeitos que frequentaram o regime das Novas Oportunidades apresentam níveis de conhecimentos mais baixos e atitudes menos permissivas. Nenhum dos sujeitos referiu ter recebido formação na área da sexualidade na terceira idade. Os indivíduos solteiros apresentam melhores níveis de conhecimentos e atitudes mais permissivas do que os casados. Os sujeitos mais velhos apresentam atitudes significativamente menos permissivas do que os mais jovens e, quanto maior o tempo de experiência profissional, menos permissivas são as atitudes. Não foram encontradas diferenças entre as tipologias das instituições. Conclui-se que os conhecimentos estão relacionados com as atitudes em relação à sexualidade na terceira idade. Esta temática continua a constituir um assunto delicado para muitos indivíduos, nomeadamente para aqueles que trabalham com idosos no seu contexto laboral, sendo que os níveis de formação dos cuidadores assumem uma importância primordial. A investigação científica nesta área contribui para a desmistificação de tabus e, desta forma, para a melhoria da qualidade de vida dos idosos e da qualidade dos serviços prestados por estes cuidadores.
Sexuality in the elderly still remains a taboo, especially in the institutional context. Demographic changes have been occurring these past few years which led to an increase in the number of institutionalized elders, as an attempt to respond their needs. This study aims to know the levels of knowledge and attitudes of the formal caregivers, how these are related and how these relate with the socio demographic characteristics of the subjects. This study used a convenience sample of 329 individual which voluntary accepted to participate by answering a sociodemographics characteristics form, an informed consent form and the questionnaire Aging Sexual Knowledge and Attitudes Scale, which allowed the knowledge and attitudes measure about sexuality in the elderly. This study is cross-sectional, quantitative, exploratory, comparative and correlational. There is a positive correlation between the knowledge levels and the attitudes and, generally, the caregivers present good knowledge levels and the attitudes about sexuality in the elderly are permissive. However, there is a statistical significant difference between the qualified technicians and the auxiliary staff, as the former present better knowledge levels and more permissive attitudes. Generally, the individuals with higher educational qualifications also present higher knowledge levels and more permissive attitudes. About the educational regimes, the individuals that attended the ‘Novas Oportunidades’ regime present lower knowledge levels and less permissive attitudes. None of subjects referred attending any kind of training or education in this area. Single individuals present better knowledge levels and more permissive attitudes than the married ones. The older individuals present less permissive attitudes as well as the more experienced caregivers. No statistical differences were found between the different types of institutions. In conclusion, knowledge is related with the attitudes about sexuality in the elderly. This topic remains a delicate subject for many of the individuals, especially for who work in an institutional context. Education and training of these caregivers and a continuous research play a key role in the quality of life of the elders and the quality of the provided services.
Descrição: Dissertação apresentada às Escolas Superior de Educação e de Saúde Dr. Lopes Dias do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/2097
Designação: Mestrado em Gerontologia Social
Aparece nas colecções:ESECB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Sexualidade na Terceira Idade.pdf2,58 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.