Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/2118
Título: Relações de vinculação e sucesso escolar em jovens institucionalizados : um desafio aos seus cuidadores.
Autor: Farromba, Maria de Lourdes de Oliveira Lopes Pires
Orientador: Abrantes, Maria Manuela Cravo Branco Prata
Agostinho, Clotilde Alves Nunes
Palavras-chave: Institucionalização
Vinculação
Competências académicas e sucesso escolar
Institutionalization
Attachment
Academic competences and academic success
Data de Defesa: 2-Dez-2013
Resumo: Foi realizado um estudo com uma amostra de 10 jovens do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 14 e 20 anos, acolhidos num LIJ. O trabalho centra-se na análise das narrativas dos dez jovens sobre as representações de vinculação que estes têm com os pais, com os cuidadores institucionais, a adaptação à instituição e a representação que têm da escola e do sucesso escolar e a importância que atribuem no seu projeto de vida. Recorremos a uma metodologia de cariz qualitativo, incidindo particularmente no estudo de caso, através da aplicação de entrevista semiestruturada individual desenvolvida para o efeito. Foi ainda utilizado um inquérito por questionário a fim de cruzar informação com as entrevistas semiestruturadas. Os dados que emergiram das entrevistas foram analisados tendo por base a análise de conteúdo, procurando-se interpretar as narrativas dos jovens acerca da realidade em estudo. As categorias criadas foram: institucionalização, adaptação à instituição, relação de vinculação com os pais, relação de vinculação com os cuidadores institucionais e competência social e académica. Os resultados relativos às diversas categorias, permitem verificar que, para a grande maioria dos jovens da nossa amostra, as relações de vinculação pais/filhos encontram-se imbuídas de fragilidades afectivas, uma minoria (3) desenvolveu uma relação segura e de proximidade, enquanto a maioria desenvolveu uma relação de vinculação insegura ou ambivalente, embora a família continue a fazer parte integrante da sua rede relacional. No que se refere às relações de vinculação aos cuidadores institucionais, verifica-se alguma ambivalência entre relação afectiva/rejeição, coexistindo sentimentos de proximidade afectiva a par de algum afastamento parecendo não confiarem ou não acreditarem na relação com os cuidadores. No que respeita à categoria de adaptação institucional, os jovens consideram-se satisfeitos na generalidade com a sua experiência da institucionalização Na categoria competência social e académica, a escola é vista pelos participantes como algo gratificante, o mesmo sucedendo com o sucesso escolar, reconhecendo que este pode ser promotor de um futuro melhor.
A study was designed with a sample of 10 male teenagers, aged between 14 and 20 who live in a LIJ. The research focuses the analysis of 10 adolescents’ narratives about their attachment representations they have with their parents and caretakers, as well as the importance that academic success has to their life project. A qualitative methodology was developed, with a particular emphasis in case study, using individual semi-structured interviews, which were designed for this purpose. A questionnaire was also applied to cross information with the the interviews. The data from the interviews was analyzed according to content analysis method, with the purpose to understand the teenagers’ opinions regarding the problematic in hand. Some categories were defined: institutionalization, adaptation to the institution, attachment relationship with parents, attachment relationship with caretakers and social and academic competence. The results related to the different categories indicate that to the majority of the attachment relationships between the teenagers of our sample and their parents show lack of affection. While a short number (3) developed a safe and close relationship, the majority developed an insecure or ambivalent attachment relationship, even though the family is still part of their relational network. Regarding the attachment relationships to the caretakers we found some ambivalence between affection and rejection, for there are both feelings of closeness and distance, as if the teenager’s don´t trust or believe their caretakers. Regarding the category «adaptation to the institution», the adolescents consider themselves satisfied, in general, with their experience, showing that there is a positive global satisfaction. According to the category social and academic competence, both the school and the academic success are seen by participants as grateful, also recognizing academic success may promote a better future.
Descrição: Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco, para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Intervenção Social Escolar.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/2118
Designação: Mestrado em Intervenção Social Escolar
Aparece nas colecções:ESECB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Trabalho_final.pdf1,56 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.