Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/2451
Título: Inclusão escolar de crianças e jovens institucionalizados : um desafio entre o ideal e o real
Autor: Caio, Elisabete Alexandra Borronha
Orientador: Dionísio, Bruno Miguel de Almeida
Palavras-chave: Crianças e jovens institucionalizadas
Experiência de institucionalização
Inclusão escolar e social
Construção de projetos de vida
Institutionalized children and youth
Experience institutionalization
Social inclusion and school
Construction project life
Data de Defesa: 14-Jul-2014
Resumo: Esta investigação analisa as narrativas das crianças e jovens acerca das experiências de institucionalização na sua infância e/ou adolescência e a sua perceção acerca da influência que estas exercem no seu percurso pessoal, escolar e social. Analisa também, em que medida a Escola é inclusiva, mediante relatos de experiências escolares consideradas por estas como (in) justas, (não) discriminatórias e/ou (des) iguais. Para o efeito, foi constituído um grupo de estudo de catorze crianças/jovens, com idades compreendidas entre os 12 e 16 anos e que se encontram institucionalizadas numa Casa da Infância e Juventude. Contrapondo ou corroborando estes testemunhos, esta investigação analisa, ainda, as narrativas da equipa técnica que acompanha estas crianças e jovens e dos professores/diretores de turma das mesmas. Apesar de alguns trabalhos já realizados em Portugal sobre crianças e jovens institucionalizadas, ainda é escassa a investigação em torno desta problemática, a inclusão escolar, nomeadamente, de pesquisas que assentem nos testemunhos dos próprios sujeitos, debruçando-se sobre as perceções e significados que estes atribuem à vivência institucional e à eventual repercussão desta experiência na sua vida, reforçando assim a necessidade deste estudo. Na abrangente temática do acolhimento institucional, a perspetiva sobre a inclusão escolar destas crianças e jovens foi aquela que nos despertou mais interesse, na medida em que pretendemos perceber o significado e o papel atribuído à instituição e à escola na promoção da inclusão social. A investigação privilegiou uma metodologia qualitativa, mobilizando-se a entrevista, o diário de campo e registos documentais como técnicas de recolha de dados e a análise de conteúdo como técnica de tratamento da informação recolhida. Os dados obtidos sugerem, entre outras questões, que a escola contemporânea, que se diz de e para todos, apesar do seu esforço, ainda se debate com o desafio da inclusão escolar de todos os seus alunos, revelando fragilidades nesse sentido. O plano de intervenção a arquitetar, orientado para a prevenção e reparação das fragilidades diagnosticadas, centra-se, sobretudo, na discussão pública do conceito de Inclusão, na intervenção com e nas famílias das crianças e jovens na intervenção na Escola, com a apresentação de medidas/atividades que possam contribuir para a edificação de uma escola mais inclusiva e para a melhoria da qualidade de vida destas crianças e jovens.
This research analyzes the narratives of children and young people about the experiences of institutionalization in childhood and/or adolescence and their perception of the influence that they exerted in his personal, academic and social journey. It also examines the extent to which the school is inclusive through reports of school experiences and considered by them as (un) fair, (not) discriminatory and/or (dis) equal. To this end, it was created a study group of fourteen children/ young people aged between 12 and 16 years and who are institutionalized in a Casa de Infância e Juventude. Opposing or corroborating this testimony’s this research also analyzes the narratives of the technical team that accompanies these children and their respective class teachers/directors. Although some previous work where been made in Portugal with institutionalized children and youth, it still scarce the research around this problematic school inclusion, in particular the researches that are based on the testimonies of the subjects themselves, leaning on perceptions and meanings attributed to their institutional experience and the possible impact of this experience in their life, thereby strengthening the need for this study. In such a broad theme as the institutional care, the perspective on school inclusion of those children and young people, was the one that aroused the most interest, as we intend to realize the meaning and role assigned to the institution and to the school in promoting educational inclusion. The research favored a qualitative methodology, mobilizing to interview the field diary and documentary records as techniques of data collection and content analysis, collected for the main treatment of the information. The collected data suggest, among other issues, that the contemporary school which is said “to and for all”, and despite their efforts, still faces with the challenge of inclusive education for all students, revealing in this sense weaknesses. The intervention plan architecture, guided for to the prevention and remedying of the mainly diagnosed weakness, focuses on public discussion of the inclusion concept in the intervention, with and within the families of institutionalized children and young’s and in the school intervention. With the presentation of measures / activities that can contribute for building a more inclusive school and to improve the quality of life of these children and young’s.
Descrição: Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Intervenção Social Escolar – Especialização em Crianças e Jovens em Risco.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/2451
Aparece nas colecções:ESECB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
elisabete caio final ccapa.pdf3,54 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.