Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/2493
Título: Avaliação da intensidade e dos aspetos tático-técnicos do treino de futebol : exercícios sob forma jogada versus exercícios convencionais específicos de preparação
Autor: Henriques, José Ricardo Gomes
Orientador: Marinho, Daniel Almeida
Petrica, João Manuel Patrício Duarte
Palavras-chave: Futebol
Jogos reduzidos
Intensidade do treino
Avaliação
Controlo do treino
Football
Small-sided games
Workout intensity
Evaluation
Control training
Data de Defesa: 2014
Resumo: O presente estudo teve como principal objetivo avaliar a intensidade e os aspetos tático-técnicos do treino de futebol: exercícios sob forma jogada versus exercícios convencionais específicos de preparação. A amostra foi constituída por doze (12) futebolistas do género masculino, com uma idade média de 25,0±2,79 anos. Os exercícios estudados foram o Gr + 2 vs + 2 + Gr; Gr + 4 vs + 4 + Gr e um exercício convencional (Ex. convencional) específico de preparação. A intensidade dos exercícios foi avaliada através da monitorização da FC (FCpico e FCméd) e da PSE. A análise dos aspetos tático-técnicos foi realizada com base nos indicadores utilizados por Garganta (1997) e Maçãs (1997). Na análise e tratamento estatístico dos dados recorreu-se ao programa S.P.S.S., versão 19.0. Recorreu-se, numa primeira fase, à estatística descritiva, para descrever a amostra. Na análise inferencial, para a comparação da localização das variáveis estudadas recorremos ao teste de Wilcoxon para duas amostras emparelhadas. Adotou-se um nível de significância de P≤0,05. Como principais resultados verificámos que não existiram diferenças significativas entre o Ex. convencional específico de preparação e o Gr + 2 vs + 2 + Gr, não podendo dizer o mesmo entre os JR e entre o Gr + 4 vs + 4 + Gr comparado com o Ex. convencional específico de preparação. Quanto aos valores de PSE, não existiram diferenças significativas entre o Ex. convencional específico de preparação e o Gr + 2 vs + 2 + Gr, não podendo dizer o mesmo na comparação entre os JR e entre o Ex. convencional específico de preparação com o Gr + 4 vs + 4 + Gr. Relativamente aos aspetos tático-técnicos comparando entre os dois JR existiram diferenças estatisticamente significativas no número de remates, de golos, desarmes e tempo posse de bola. Ao analisarmos o Ex. convencional específico de preparação existiu um maior número de passes, remates, tempo de posse de bola comparativamente aos JR. Quanto ao número de golos apenas foi maior comparativamente ao Gr + 4 vs 4 + Gr e obteve o mesmo número médio de golos relativamente ao Gr + 2 vs 2 + Gr. As ações tático-técnicas de desarme e interceções não obtiveram qualquer valor, visto que não possuía as mesmas no exercício, sendo esta uma desvantagem. Contudo apenas ocorreram diferenças estatisticamente significativas relativamente ao número de passes, remates, desarmes, interceções, tempo posse de bola e no número de golos apenas se verificou quando comparado ao Gr + 4 vs 4 + Gr. Assim, a título de conclusão, podemos afirmar com segurança, que o treino sob forma jogada com um menor número de jogadores origina uma intensidade semelhante ao treino convencional, tendo os JR a vantagem que nesta tipologia de exercícios acontecem todas as ações do jogo com pressão do adversário, enquanto no Ex. convencional específico de preparação não, e acaba por existir uma maior interação com os colegas. Quanto for menor o número de jogadores, maior é a intensidade.
The present study had as the main goal to assess the intensity and the tactical - technical aspects of football training and competition: exercises at play versus conventional specific exercises of general preparation. The sample consisted of twelve (12) male players, with an average age of 25.0 ± 2.79 years. The exercises studied were Gr + 2 + 2 + vs Gr; Gr + 4 vs 4 + Gr + and a specific conventional exercise (Ex. conventional) of preparation. The intensity of exercises were evaluated by monitoring the HR (HRpeak and HRmed) and RPE. The analysis of the tactical – technical aspects were based on the indicators used by Garganta (1997) and Maçãs (1997). For the analysis and statistical treatment of the facts we used S.P.S.S software, version 19.0. We used in the first phase, the descriptive statistics to describe the sample. In inferential analysis, we used the Wilcoxon test for two paired samples, to compare the location of the studied variables. We adopted a significance level:of:P:≤:0«05. As main results, we noticed that there were no significant differences between the specific conventional Ex of preparation and Gr + 2 + 2 + vs Gr , but we cannot say the same between small-sided games and Gr + 4 + 4 + vs Gr compared with specific conventional Ex of preparation. Concerning the values of RPE, there were no significant differences between the specific conventional Ex of preparation and Gr + 2 + 2 + vs Gr: but: things: aren’t: the: same: when comparing the JR and the specific conventional Ex of preparation with the Gr + 4 + 4 + vs Gr. Regarding the tactical - technical aspects comparing between the two small-sided games there were statistically significant differences in the number of shots, goals, tackles and time of ball possession. By analyzing the specific conventional Ex of preparation there was a greater number of passes, shots, time of ball possession compared to small-sided games. As for the number of goals they were just higher compared to Gr + Gr + 4 vs 4 and got the same average number of goals relating to Gr + Gr + 2 vs 2. The tactical techniques and disarm interceptions shares received no value, as they were not the same included in the exercise, which was considered a disadvantage. However, statistically significant differences only occur in the number of passes, shots, tackles, interceptions, time of ball possession and in the number of goals it could only be confirmed when compared to Gr + 4 vs 4 + Gr. In conclusion, we can state with some certainty, that training in play form with a smaller number of players lead to a similar intensity to conventional training, having with small-sided games, the advantage of in this type of exercises happen all the gaming action with the opponent pressure while in the specific conventional Ex of general: preparation: that: doesn’t: happen: and: there: is: a: greater: interaction: with: colleagues. The smaller is the number of players, the higher is the intensity.
Descrição: Dissertação de mestrado apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Atividade Física.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/2493
Designação: Mestrado em Atividade Física
Aparece nas colecções:ESECB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese final ccapa.pdf2,03 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.