Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/2555
Título: Identificação de compostos fenólicos e teor de minerais em pólen
Autor: Serrano, Marisa Isabel Andrade
Orientador: Anjos, Ofélia Maria Serralha dos
Campos, Maria da Graça
Palavras-chave: Pólen apícola
Espécies vegetais
Compostos fenólicos
Flavonóides
Minerais
Data de Defesa: 2014
Resumo: O pólen corresponde ao material genético masculino das flores que vai ser recolhido pelas abelhas. Este produto é rico em proteínas, aminoácidos livres, hidratos de carbono, lípidos, ácidos gordos, esteróis, vitaminas, minerais e compostos fenólicos, principalmente flavonóides. Com o presente trabalho pretendeu-se analisar pólen de diferentes espécies vegetais, recolhido directamente nos estames e uma amostra de pólen apícola com vista à identificação de compostos fenólicos e polifenólicos. As espécies analisadas foram: Acacia dealbata, Bignonia spp., Carpobrotus edulis, Coleostephus myconis, Crepis spp., Digitalis purpurea, Galactites tomentosus, Lavatera spp., Ligustrum spp., Melaleuca spp., Olea europaea L., Opuntia spp., Papaver rhoeas, Silybum marianum, Tilia spp. e Viburnum tinus. Foi efectuada a acetólise dos diferentes polens para aquisição de imagens e posterior integração na colecção da ESA para identificação. Após a análise microscópica, foram preparados os extractos das espécies vegetais e das cargas polínicas para determinação dos perfis cromatográficos dos compostos fenólicos e flavonóides através de cromatografia líquida com detector de díodos (HPLC/DAD). Verificou-se que cada espécie analisada apresentava um perfil característico e diferente de espécie para espécie, como já tinha sido descrito por outros autores. Os compostos identificados para além de flavonas são essencialmente derivados de ácidos fenólicos maioritariamente derivados do cafeico, heterosidicos da quercetina em C3-O, do canferol, da isoramnetina, da herbacitina e da miricitina com o mesmo padrão de substituição em C3, foram ainda detectados derivados da dihidroflavonol e de naringenina-chalcona. Nas espécies Acacia dealbata e Viburnum tinus foram encontrados compostos ainda não identificados, pelo que serão alvo de estudos posteriores. A análise do pólen apícola revelou a presença dos mesmos compostos encontrados nas amostras de pólen recolhidos directamente dos estames das flores. Foi também feita a análise dos minerais Cádmio, Cobre, Crómio, Chumbo, Ferro, Manganês, Zinco e Níquel por espectrometria de emissão do plasma (ICP-OES) às amostras de pólen anteriormente referidas. Verificou-se que o género Bignonia spp. apresentava elevados valores de todos os minerais em análise em comparação com as restantes amostras. O pólen das espécies estudadas é rico em compostos fenólicos tendo de se continuar este estudo para se ter a caracterização de cada espécie e para identificação de alguns compostos que ainda não estão identificados.
The pollen corresponds to the male genetic material of the flowers that will be collected by bees. This product is rich in proteins, free aminoacids, carbohydrates, lipids, fatty acids, sterols, vitamins, minerals and phenolic compounds, particularly flavonoids. The present work was intended to analyze pollen from different plant species, collected directly of stamens and bee pollen for the identification of phenolic and polyphenolic compounds. The species analyzed were: Acacia dealbata, Bignonia spp., Carpobrotus edulis, Coleostephus myconis, Crepis spp., Digitalis purpurea, Galactites tomentosus, Lavatera spp., Ligustrum spp., Melaleuca spp., Olea europaea L., Opuntia spp., Papaver rhoeas, Silybum marianum, Tilia spp. and Viburnum tinus. Acetolysis was performed at the various pollens for image acquisition and subsequent integration of the ESA in the collection for identification. After the microscopic analysis, the extracts of plant species and bee pollen loads for determining the chromatographic profiles of flavonoids and phenolic compounds by liquid chromatography with diode array detector (HPLC/DAD) were prepared. It was found that each species had a distinctive and different from species to species profile, as already described by other authors. Compounds identified beyond flavones are essentially derived mainly phenolic acids derived from caffeic, of quercetin heterosidics C3-O, of Kaempferol, of isorhamnetin, of herbacitin and miricitin, with the same substitution pattern in C3, was also detected dihydrofavonol and naringenin-chalcone derivatives. In species Acacia dealbata and Viburnum tinus compounds were found not yet identified, so that will be the target of future studies. The bee pollen analysis revealed the presence of the same compounds found in pollen samples collected from the stamens of flowers. The analysis was also made of mineral cadminum, copper, chromium, leas, iron, manganese, zinc and nickel by plasma emission spectrometry (ICP-OES) to pollen samples mentioned above. It was found that gender Bignonia spp. elevated levels of all the minerals in question in comparison with the other samples. The pollen of the studied species is rich in phenolic compounds having to continue this study to have the characteristics of each species and to identify some compounds that are not yet identified.
Descrição: Dissertação apresentada ao Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Inovação e Qualidade na Produção Alimentar.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/2555
Designação: Mestrado em Inovação e Qualidade na Produção Alimentar
Aparece nas colecções:ESACB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM_MARISA_SERRANO.pdf2,69 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.