Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/2667
Título: Genes enterotoxigénicos e resistência a antibióticos em isolados de Staphylococcus coagulase positiva de origem alimentar
Autor: Ferreira, Joana Marisa Costa Nunes
Orientador: Pintado, Cristina Maria Baptista Santos
Palavras-chave: Staphylococcus coagulase positiva
Genes enterotoxigénicos
PCR multiplex
Resistência a antibióticos
Data de Defesa: 2014
Resumo: Staphylococcus aureus é, entre as bactérias do género Staphylococcus, a espécie mais frequentemente relacionada com casos e surtos de intoxicação alimentar, os quais têm origem na produção de enterotoxinas estafilocócicas (SE), principalmente em alimentos de origem animal. Sabe-se que 95% das intoxicações alimentares estafilocócicas são causadas pelas entorotoxinas clássicas (SEA, SEB, SEC, SED e SEE). Sendo assim, neste estudo foi usado o PCR multiplex para verificar a presença de fragmentos de genes de SE (sea, seb, sec, sed e see) e do fragmento de gene femA, específico para Staphylococcus aureus, em 121 isolados de Staphylococcus coagulase positiva obtidos de queijo de ovelha laborado com leite cru, de leite (de vaca, de ovelha e de cabra) e de outros alimentos maioritariamente de origem animal. De um total de 121 isolados, em 31,4% houve amplificação do fragmento de gene femA, em 1,7% amplificação dos fragmentos de gene sea e femA, em 57% amplificação dos fragmentos de gene sec e femA e em 4,1% amplificação dos fragmentos de gene see e femA. Existiram isolados sem amplificação do gene femA, sendo submetidos a provas bioquímicas para uma identificação ao nível da espécie. Para além da avaliação da presença de fragmentos de genes enterotoxigénicos e do gene femA, um outro objetivo deste estudo foi avaliar o perfil de resistência de 80 isolados de Staphylococcus coagulase positiva a nove antibióticos (Sulfametoxazol/Trimetroprim 25 μg, Ampicilina 10 μg, Amoxicilina 10 μg, Penicilina G 10 IU, Enrofloxacina 5 μg, Neomicina 30 μg, Eritromocina 15 μg, Estreptomicina 10 μg, e Cefazolina 30 μg), através da técnica de Kirby- Baeur. Apesar de77,5% dos isolados apresentarem sensibilidade a todos os antibióticos em estudo, verificou-se resistência a 2, 3 ou 5 antibiótico sem 17,7% dos isolados, tendo-se verificado uma maior percentagem de multirresistência à Penicilina G e Ampicilina (8,75%) e à Penicilina G, Ampicilina e Amoxicilina (5%). Tendo em conta a origem dos isolados, a maior percentagem de resistência foi verificada em isolados de leite de vaca, onde 100% dos isolados foram resistentes à Penicilina G e à Ampicilina e 25% à Amoxicilina. Estes dados levam-nos a questionar a utilização inadequada de antibiótocos em animais de produção leiteira bovina.
Abstract: Staphylococcus aureus is the specie of the Staphylococcus genus more frequently related with cases and outbreaks of food poisoning, caused by staphylococcal enterotoxins (SE), mainly in foods of animal origin. About 95% of staphylococcal food poisoning are caused by enterotoxins SEA, SEB, SEC, SED and SEE. Thus, a multiplex PCR assay was used in this work to verify the presence of gene fragments of SE (sea, seb, sec, sed \and see) and the femA gene fragment, specific for Staphylococcus aureus, using 121 coagulase-positive Staphylococcus isolates obtained from sheep's cheese labored with raw milk, milk (from cow, sheep and goat) and other foods mainlyof animal origin. From a total of 121 isolates, femA gene fragment was amplified in 31.4%, sea and femA gene fragments in 1.7%, sec and femA gene fragments in 57% and see and femA gene fragments in 4.1%. Isolates without amplification of femA were submitted to biochemical tests for identification to the species level. In addition to the evaluation of the presence of enterotoxigenic gene fragments and the femA gene, another objective of this study was to evaluate the resistance profile of the 80 coagulase-positive Staphylococcus isolates to the nine antibiotics (Trimethoprim/ sulfamethoxazole 25 μg, Ampicillin 10 μg, Amoxicillin 10 μg, Penicillin G 10 IU, Enrofloxacin 5 μg, Neomycin 30 μg, Erythromycin 15 μg, Streptomycin 10 μg and Cefazolin 30 μg), through the application of the Kirby-Baeur technique. Although 77.5% of the isolates show sensitivity to all antibiotics studied, was observed resistance to two, three or five antibiotics in 17.7% of the isolates, with a higher percentage of multidrug resistance to Penicillin G and Ampicillin (8.75%) and Penicillin G, Ampicillin and Amoxicillin (5%). Concerning the origin of the isolates, the highest percentage of resistance was detected in isolates from cow's milk, with 100% of the isolates resistant to Penicillin G and Ampicillin and 25% to Amoxicillin. These data lead us to question the inappropriate use of antibiotics in milk production.
Descrição: Dissertação apresentada à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Inovação e Qualidade na Produção Alimentar.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/2667
Designação: Mestrado em Inovação e Qualidade na Produção Alimentar
Aparece nas colecções:ESACB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM_JOANA_FERREIRA.pdf4,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.