Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/2694
Título: As conceções das crianças da 2ª e 3ª infância, dos pais e dos profissionais de educação sobre igualdade de género
Autor: Pereira, Ana Sofia Medroa
Orientador: Pereira, Cristina Maria Gonçalves
Palavras-chave: Estereótipos de género
Igualdade de género
Educação pré-escolar e 1º ciclo do ensino básico
Educação para a cidadania
Gender stereotypes
Gender equality
Pre-school and 1st cycle of basic education
Education for citizenship
Data de Defesa: 2014
Resumo: Este estudo foi realizado a partir das Práticas Supervisionadas em Educação Pré- Escolar e 1º Ciclo do Ensino Básico, no âmbito da temática Igualdade de Género. O interesse por esta temática surgiu depois de ter assistido a defesas dos relatórios de colegas, tendo considerado importante realizar um estudo que me permitisse compreender e aprofundar questões relacionadas com a Igualdade de Género, tendo, ao mesmo tempo, como preocupação observar e intervir no âmbito das duas valências de estágio. Para a realização deste estudo, primeiramente, foi necessário realizar pesquisas sobre a temática em análise e sobre a realidade, os objetivos e os contextos da Educação Pré-Escolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico. Seguidamente, a esta revisão de literatura, foi necessário escolher qual o tipo de investigação, neste caso, optámos por realizar uma investigação-ação, recorrendo a diversas técnicas de recolha de dados, sendo elas as notas de campo (a partir das atividades realizadas em sala de aula), as entrevistas semiestruturadas e os questionários. Neste estudo pretendeu-se estudar todo o meio envolvente (mais próximo) da criança, assim, para além de recolhermos dados das crianças, também inquirimos os pais e entrevistamos a educadora e a professora, para que nos dessem a conhecer quais as suas conceções sobre a temática em análise. Essa preocupação relaciona-se com o facto da maioria dos autores consultados considerarem que as conceções dos adultos são, quase sempre, assimiladas pelas crianças, passando estas a assumi-las na sua relação com o mundo. Na Educação Pré-Escolar, o estudo foi realizado com as dezassete crianças presentes em sala (onze meninas e seis meninos), a educadora e os pais das mesmas. Já no 1º Ciclo do Ensino Básico, seguimos o mesmo método, realizando o estudo com as crianças (nove meninas e treze meninos), os pais e a professora. Optei por analisar e desenvolver atividades com todo o grupo de crianças, pois considero que a turma deve ser estudada como um todo, cada criança, deve ser “ouvida”, de forma a conhecer as diferenças individuais, como defende Thorne (1993), referenciado em Graue & Walsh (2003). No final de analisados os dados podemos inferir que ambos os grupos de crianças já revelam estereótipos de género, bem como comportamentos tipificados de acordo com as representações sociais de masculino e feminino. Nesse sentido, considero importante e necessário sensibilizar os pais e os profissionais de educação para que consciencializem o papel desempenhado na perpetuação dos estereótipos relacionados com o género, preocupando-se em adotar atitudes educativas promotoras de Igualdade de Género, de forma a que as crianças, desde cedo se consciencializem que todos são iguais em direitos e deveres.
This study was conducted from the Supervised Practice in Preschool Education and 1st Cycle of Basic Education under the theme Gender Equality. The interest in this subject arose after attending the defenses work colleagues, having considered important to conduct a study that would allow me to understand and deepen issues related to gender equality, and at the same time as concern observe and intervene within valences of the two stage. For this study, first, it was necessary to conduct research on the topic in question and the reality, the objectives and contexts of Preschool Education and the 1st Cycle of Basic Education. Then, for this literature review, it was necessary to choose which type of research, in this case, we chose to conduct a research-action, using various techniques of data collection, they are field notes (from the activities in the classroom), the semistructured interviews and surveys. This study was intended to study all the (nearest) environment of the child, as well, in addition to collect data from children, parents also inquire and interviewed the teachers, that we make known what their conceptions about the thematic analysis. This concern relates to the fact that most of the authors consulted consider that the conceptions of adults are almost always assimilated by the children, passing these to take them in their relationship with the world. In pre-school education, the study was conducted with seventeen children present in the room (eleven girls and six boys), the teacher and the parents of the same. In the 1st cycle of basic education, we follow the same method, conducting the study with children (nine girls and thirteen boys), parents and the teacher. I chose to analyze and develop activities with the whole group of children, because I think the class should be studied as a whole, each child must be "heard" in order to meet individual differences, as advocated by Thorne (1993), referenced in Graue & Walsh (2003). At the end of the analyzed data we can infer that both groups of children already show gender stereotypes and behaviors typified according to the social representations of male and female. In this sense, I consider it important and necessary to sensitize parents and education professionals to consciencializem's role in the perpetuation of stereotypes related to gender, worrying about adopting educational attitudes promoting gender equality, so that children, early become aware that all are equal in rights and duties.
Descrição: Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré- Escolar e 1º Ciclo do Ensino Básico.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/2694
Designação: Mestrado em Educação Pré- Escolar e 1º Ciclo do Ensino Básico
Aparece nas colecções:ESECB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
As conceções das crianças da 2 e 3 infância, dos pais e dos .pdf5,37 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.