Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/2697
Título: Matemática recreativa na relação dialética entre escola e família : um estudo envolvendo alunos do 1º ciclo do ensino básico
Autor: Correia, Ana Cláudia Domingues
Orientador: Afonso, Paulo José Martins
Palavras-chave: Matemática
Recreativa
Magia
Família e escola
Mathematics
Recreational
Magic
Family and school
Data de Defesa: 2014
Resumo: Este relatório de estágio visa, como o próprio nome indica, relatar os acontecimentos de uma prática supervisionada que neste caso ocorreu numa turma do 4º ano de escolaridade, na Escola Básica de São Tiago em Castelo Branco. Partindo do tema de investigação “Matemática Recreativa na Relação Dialética entre Escola e Família – Um estudo envolvendo alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico realizámos seis tarefas matemáticas com todos os alunos presentes na sala (dezassete). Definimos os seguintes objetivos de estudo: (a) promover a matemática recreativa junto dos pais/encarregados de educação dos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico; (b) auscultar a opinião dos pais/encarregados de educação quando desafiados pelos seus filhos/educandos com situações de recreação matemática; e (c) analisar o contributo dos pais/encarregados de educação, para a escola, acerca da matemática recreativa em função do seu passado e promover o gosto pela matemática nos alunos. Esta investigação é um estudo exploratório e utiliza uma metodologia maioritariamente qualitativa. Sem grandes explicações, eram apresentadas as tarefas aos alunos da turma em forma de “magia e brincadeira”. Os alunos, em grande grupo, resolviam e tentavam descobrir a estratégia ou, de certa forma, como era feita aquela magia. Depois de descobrirem todas as resoluções e estas serem bem explicadas e esclarecidas, os alunos levavam as atividades para casa e faziam-nas aos seus encarregados de educação. Neste momento questionavam os encarregados de educação se na altura em que eles andavam na escola também aprendiam atividades deste género. Posteriormente os alunos levaram um questionário para os encarregados de educação onde estes respondiam sobre a sua opinião acerca da matemática e a sua dificuldade, o que tinham achado das atividades propostas, a que nível estas atividades melhoravam a aprendizagem dos seus educandos, se achavam boa ideia a utilização deste tipo de atividades na aprendizagem de conteúdos matemáticos e, finalmente, tinham uma parte onde colocavam as atividades que sabiam deste género. As principais dificuldades neste estudo foram a participação da família, pois apenas um dos encarregados de educação colocou atividades deste género. Esta atividade foi feita com os alunos posteriormente na sala de aula, pois é importante a transmissão de conhecimentos entre a família e os alunos. Mas já sobre a opinião acerca deste tipo de atividades, em geral, todos os pais aprovaram e disseram que era uma mais-valia pois deixava de tornar a matemática aborrecida e tão difícil. Num modo geral, as notas dos alunos na área da matemática subiram e os alunos gostaram muito das atividades, pedindo até para serem mais vezes utilizadas atividades deste género. Reparámos que com isto aumentaram os níveis motivacionais para com a matemática.
The aim of this teaching practice report, as the name itself suggests, is to describe the main events of a supervised teaching practice, that in this case occurred in a 4th grade class, in São Tiago school in Castelo Branco. Based on the research topic “Recreational Mathematics in the Dialectic Relationship between School and Family - A study involving first graders in an Elementary school was conducted. Six tasks with mathematics contents were performed with all the students present in the classroom (seventeen to be exact). We define the following study goals: (a) promote recreational mathematics among parents / student guardians of the first graders, hear parents opinion when (b) challenged by their children / learners with situations related to mathematical exercises and analyze parents contribution to school, regarding recreational mathematics according to its past and (c) promote a liking for mathematics in students. This investigation is an exploratory study and uses a largely qualitative methodology. Without much explanation, the tasks were presented to students of the class in a magical and playful form. The students, in big groups, tried to solve and figure out the strategies or attempted to discover how that magic was made. After discovering all the resolutions and these having been well explained and clarified, the students took the exercises home and did them with their parents. At this point, the parents asked themselves if they had learned these types of activities at the time they were in school. Later, the students took home a questionnaire for their parents/guardians to answer, where they had to give their opinion about mathematics and its difficulties, what they had thought about the exercises given, at what level did these activities improved their children’s learning, if they thought it was a good idea to use these type of activities when learning mathematical content and finally they had a part where they had to write down activities they knew of that kind. The main difficulty found in this study was getting the family involved for only one parent put activities of this kind. This activity was later made with the students in the classroom because the transmission of knowledge is important between family and students. Regarding parent’s opinion about these type of activities, in general, they all approved and said it was an asset for it made mathematics less boring and easier. In general student’s grades in mathematics rose and the students really liked the activities even asking for them to be used more often.
Descrição: Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/2697
Designação: Mestrado em Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico
Aparece nas colecções:ESECB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese final.pdf3,29 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.