Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/2756
Título: Efeito da utilização de diferentes fontes proteicas no enriquecimento do iogurte batido
Autor: Sequeira, António Pedro Diogo
Orientador: Rodrigues, António Manuel Moitinho Nogueira
Santos, Nuno Manuel Cunha
Palavras-chave: Iogurte
Enriquecimento proteico
Análise sensorial
Análise económica
Data de Defesa: 2014
Resumo: O mercado dos produtos lácteos e concretamente o segmento dos iogurtes, constituem uma área de negócio com forte significado na economia nacional, quer pelas receitas geradas, quer pelo impacto que origina noutras atividades do ramo alimentar. Por outro lado, o iogurte é um produto com elevado valor nutricional e com características organoléticas peculiares, motivos que o tornam um alimento singular com uma imagem muito positiva e credível junto dos consumidores. Tendo em conta esta realidade e conhecendo a dinâmica e forte concorrência existente entre as várias marcas a operar em Portugal, assume especial importância o desenvolvimento de fórmulas que, por um lado, vão ao encontro das exigências e expectativas dos consumidores e por outro, que proporcionem ao fabricante um produto competitivo e com margens que assegurem a rentabilidade do negócio. Assim, foi nosso propósito comparar duas fórmulas de iogurte batido magro com características físico-químicas idênticas, mas com formulações diferentes, ao nível dos ingredientes lácteos de enriquecimento proteico. O objetivo principal, consistiu em comparar as fórmulas ao nível físico-químico e organolético e deste modo, estudarmos se existem diferenças susceptíveis de serem percecionadas pelos consumidores. Com este trabalho, estamos a contribuir para suportar a decisão do fabricante, ao nível da escolha das matérias lácteas a usar nas fórmulas dos iogurtes produzidos. Este objetivo assume especial importância, tendo em conta as flutuações de preço das matérias lácteas, obrigando os fabricantes a lidar com este tipo de decisões no seu dia-a-dia. De acordo com o nosso estudo e no que diz respeito aos produtos com adição de fruta, os resultados indicaram diferenças significativas (P<0,05) para os parâmetros de pH e textura entre as duas fórmulas em estudo; também no que diz respeito ao teste de análise sensorial, os resultados mostraram que o painel de provadores, confirmou que existem diferenças significativas entre as fórmulas. No entanto, quando questionados sobre qual a fórmula preferida, não houve uma posição clara em relação a um dos produtos, tendo-se registado, o que podemos considerar, um “empate técnico”. Estes resultados levam-nos a concluir que apesar de percecionadas diferenças entre as fórmulas em estudo, as mesmas não são decorrentes do ingrediente lácteo escolhido para enriquecimento proteico e não são suficientemente marcantes que levem a uma preferência clara por um dos produtos. Assim sendo, pensamos que os fabricantes deverão, antes do lançamento do produto, testar várias alternativas de formulação de modo a poderem suportar melhor as suas opções tendo em conta, por um lado a componente de satisfação do consumidor e por outro a rentabilidade do produto e, por inerência, a sustentabilidade do negócio.
Abstract: The market of the dairy products and concretely the segment of yoghurts constitute an area of business with a strong significance in the national economy, either by the revenue generated either by the impact that it originates in other activities of the alimentary branch. On the other hand, yoghurt is a product with high nutritional value and peculiar organoleptic characteristics, reasons that become it a singular food with a positive and very credible image next to the consumers. Having in account this reality and knowing the dynamics and strong competition between the various brands operating in Portugal , it is particularly important to develop formulas that, on the one hand, meet the demands and expectations of consumers and on the other, providing the manufacturer with a competitive product and margins to ensure profitability. Thus, it was our intention to compare two yoghurt light stirred formulas with identical characteristics physicist-chemistries, but with different formulations, to the level of the dairy ingredients of protein enrichment. The main objective was to compare the formulas to physic-chemical and organoleptic level and thereby studying whether there are differences being susceptible perceived by consumers. With this work, we are contributing to support the decision of the manufacturer, in the choice of dairy ingredients to use in formulas produced yoghurts. This goal is particularly important in view of the price fluctuations of dairy ingredients requiring manufacturers to deal with this kind of decisions in their day-to-day. In accordance with our study and in what it says respect to the products with fruit addition, the results indicated significant differences (P <0.05) for the parameters of pH and texture between the two study formulas; also with regard to the sensory analysis test, the results had shown that the taste panel confirmed that significant differences between formulas exist. However, when asked what the preferred formula, there was no clear position on one of the products, have been recorded, which can be considered a “technical draw”. These results lead us to conclude that although perceived differences between the study formulas are not arising from the dairy ingredient selected for protein enrichment and are not sufficiently striking that lead to a clear preference for one of the products. Therefore, we think that manufacturers must, before the launching of the product, test various formulations of alternatives so that they can better support their options in view, taking into account the consumer satisfaction component and on the other the profitability of the product and, by extension, the sustainability of the business.
Descrição: Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Inovação e Qualidade na Produção Alimentar
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/2756
Designação: Mestrado em Inovação e Qualidade na Produção Alimentar
Aparece nas colecções:ESACB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM_ANTONIO_SEQUEIRA_.pdf1,61 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.