Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/2764
Título: Avaliação nutricional e utilização de Opuntia spp. na alimentação de pequenos ruminantes
Autor: Pitacas, Filipa Inês de Oliveira
Orientador: Rodrigues, António Manuel Moitinho Nogueira
Reis, Carlos Manuel Gaspar dos
Palavras-chave: Figueira-da-índia
Forragem
Nutrição
Composição química
Opuntia
Data de Defesa: 2015
Resumo: A figueira-da-índia (Opuntia ficus-indica) foi introduzida na Península Ibérica no século XVI. Hoje em dia é possível encontrar plantas do género Opuntia em todo o país. Os seus cladódios podem ser utilizados na alimentação de pequenos ruminantes principalmente em períodos do ano em que há reduzida qualidade e quantidade de pastagem. Com o objetivo de caracterizar do ponto de vista nutricional os cladódios de um ano de diferentes ecótipos nacionais de O. ficus-indica e de O. elata e de simular a sua utilização como forragem na alimentação de ruminantes, em maio de 2012 foi instalado na Escola Superior Agrária de Castelo Branco um campo experimental com dezasseis ecótipos de O. ficus-indica, duas variedades melhoradas de O. ficus-indica e dois ecótipos de O. elata. Os cladódios plantados no campo experimental foram recolhidos em diferentes locais do país. Verificou-se que os cladódios de um ano dos ecótipos OFI 4-Portalegre, OFI 5-Arronches, OFI 12-Cacela-a-Velha, OFI 13- Monforte da Beira, OFI 14-Idanha-a-Velha, OFI 20-Madeira e da variedade OFI 7-Gialla de O. ficus-indica e dos ecótipos 21-O. elata-Mirandela e 22-O. elata-Murça apresentaram poucos ou nenhuns espinhos. Os resultados analíticos mais elevados obtidos em laboratório foram os seguintes: espécie O. ficusindica PB 82,52 g/kgMS (±9,547) no ecótipo OFI 12-Cacela-a-Velha, GB 15,71 g/kgMS (±1,239) e NDF 198,99 g/kgMS (±13,351) no ecótipo OFI 4-Portalegre e NFC 665,58 g/kgMS (±13,052) e EM 11,38 MJ/kgMS (±0,163) no ecótipo OFI 14-Idanha-a-Velha; espécie O. elata PB 94,76 g/kgMS (±3,598) e NFC 554,19 g/kgMS (±47,389) no ecótipo 21-O. elata-Mirandela e GB 13,77 g/kgMS (±2,191), NDF 261,39 g/kgMS (±14,436) e EM 10,91 MJ/kgMS (±0,159) no ecótipo 22-O. elata-Murça. Para a simulação dos regimes alimentares destinados a ovelhas em lactação e borregos de engorda teve-se em consideração a relação entre o valor nutricional dos cladódios e a quantidade nula ou muito reduzida de espinhos. Utilizaram-se os ecótipos OFI 12-Cacela-a-Velha e 21-O. elata-Mirandela como alimento forrageiro predominante. Devido ao baixo conteúdo em MS, PB e em NDF, conclui-se que os cladódios daqueles ecótipos de Opuntia podem ser utilizados na alimentação de ovelhas e borregos desde que associados a uma forragem seca e a um alimento composto com elevado teor em PB.
Abstract: In the XVIth century cactus pear (Opuntia ficus-indica) was introduced in the Iberian Peninsula and today we can find the Opuntia genus plants in whole Portugal. Cladodes can be fed to small ruminants especially in periods of the year when there is low quality and quantity of pasture. On May 2012 an experimental field was installed in Escola Superior Agrária de Castelo Branco, with cladodes collected from different parts of the country (sixteen O. ficus-indica ecotypes, two O. ficus-indica improved varieties and two O. elata ecotypes). The aim of this study was characterize the nutritional value of Opuntia spp. one year cladodes of different national ecotypes and two improved varieties and simulate their use as forage for ruminant. It was found that cladodes ecotypes OFI 4-Portalegre, OFI 5- Arronches, OFI 12-Cacela-a-Velha, OFI 13-Monforte da Beira, OFI 14-Idanha-a-Velha, OFI 20-Madeira and the variety OFI 7-Gialla O. ficus-indica and cladodes ecotypes 21-O. elata-Mirandela and 22-O. elata-Murça are spineless cactus. Laboratory results of cactus pear chemical proximate analysis are: O. ficus-indica species - CP 82,52 g/kgDM (±9,547) ecotype OFI 12-Cacela-a-Velha, EE 15,71 g/kgDM (±1,239) and NDF 198,99 g/kgDM (±13,351) ecotype OFI 4-Portalegre and NFC 665,58 g/kgDM (±13,052) and ME 11,38 MJ/kgDM (±0,163) ecotype OFI 14-Idanha-a-Velha; O. elata species - CP 94,76 g/kgDM (±3,598) and NFC 554,19 g/kgDM (±47,389) ecotype 21-O. elata and EE 13,77 g/kgDM (±2,191), NDF 261,39 g/kgDM (±14,436) and ME 10,91 MJ/kgDM (±0,159) ecotype 22-O. elata. To simulate diets for lactating ewes and fattening lambs we consider the relationship between the nutritional value and the cladodes amount of spines. The ecotypes OFI 12-Cacela-a-Velha and 21-O. elata-Mirandela were used as the predominant forage feed. Due to the low DM, CP and NDF content we concluded that Opuntia spp. cladodes could be fed to sheep and lambs since associated with dry forage and high CP concentrate.
Descrição: Dissertação apresentada à Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Engenharia Zootécnica.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/2764
Designação: Mestrado em Engenharia Zootécnica
Aparece nas colecções:ESACB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM_INES_PITACAS.pdf2,01 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.