Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/284
Título: O diagnóstico da inserção profissional e o planeamento da formação
Autor: Almeida, C.A.M.
Palavras-chave: Diplomados
Ensino superior
Inserção profissional
Data: 1993
Editora: Instituto Politécnico de Castelo Branco
Citação: ALMEIDA, C.A.M. de (1993) - O diagnóstico da inserção profissional e o planeamento da formação. In Congresso do Ensino Superior Politécnico, 2, Castelo Branco, 19 a 23 de Outubro - Actas. Castelo Branco : IPCB. p. 57-73.
Resumo: Na elaboração da presente comunicação, destinada a ser apresentada no 2.º Congresso do Ensino Superior Politécnico, orientamo-nos segundo dois objectivos fundamentais: -Realçar a importância dos estudos das condições de inserção profissional dos diplomados com instrumentos a utilizar pelos planificadores da formação, professores e alunos. -Apresentar um exemplo deste tipo de estudos, o caso da ESACB, e ao mesmo tempo criar a partir dele uma base de reflexão ou discussão dos aspectos que julgarem mais oportunos ou pertinentes. Pretendemos desta forma contribuir para uma avaliação das condições de inserção na vida profissional dos diplomados da Escola Superior Agrária de Castelo Branco (ESACB). No estudo elaborado identificaram-se as principais condicionantes que intervêm no processo de inserção na vida profissional, as condições de emprego, o tipo de funções desempenhadas pelos diplomados no emprego, as necessidades de formação especializada. Apresenta, ainda, o nível de satisfação dos diplomados relativamente ao seu percurso profissional. Na execução do estudo recorremos ao método de investigação por levantamento. Para a recolha de dados procedeu-se à administração de um questionário via postal a todos os diplomados pela ESACB, dos Cursos de Produção Agrícola, Produção Animal e Produção Florestal. Os resultados que apresentamos repostam-se a uma taxa de resposta de 64% (109 respostas em 170 possíveis) repartida de maneira mais ou menos uniforme por Curso, sexo e ano de formatura. De uma forma geral, podemos dizer que os diplomados da ESACB têm como principal obstáculo à inserção na vida profissional a falta de empregos relacionados com o Curso que a Escola lhes proporcionou. A formação não é posta em causa, mas sim o sector em que os Cursos estão inseridos, o sector agrário. Este facto conduz a que perante a dificuldade de obter um emprego relacionado com o curso, os diplomados encontrem o seu primeiro emprego no ensino preparatório e secundário, onde se mantêm até conseguirem um emprego que lhes seja mais favorável. Face a isto, a relação da formação com o emprego são negativamente afectadas. Apesar da manifesta falta de empregos, os diplomados apresentam uma certa mobilidade profissional, por forma a melhorarem as condições de emprego. Verificámos por parte dos diplomados uma grande predisposição para frequentarem cursos de especialização.
Descrição: Comunicação apresentada no 2.º Congresso do Ensino Superiro Politécnico que decorreu de 19 a 23 de Outubro de 1993 em Castelo Branco, no Instituto Politécnico.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/284
Aparece nas colecções:ESACB - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Diplomados_percurso.pdf2,33 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.