Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/2931
Título: Reações de obtenção do iodeto de chumbo para a compreensão dos níveis macro, simbólico e micro na aprendizagem de Química
Autor: Paixão, Fátima
Ortigão, Manuela
Palavras-chave: Educação em ciência
Ensino de química
Aprendizagem da química
Reações químicas
Nível macro, simbólico e micro
Data: 2015
Citação: PAIXÃO, Fátima ; ORTIGÃO, Manuela (2015) - Reações de obtenção do iodeto de chumbo para a compreensão dos níveis macro, simbólico e micro na aprendizagem de química. In XXIV Encontro Nacional da Sociedade Portuguesa de Química, Coimbra, 1-3 de Julho - Química para o desenvolvimento sustentável.
Resumo: Depois de compreendido um fenómeno químico observável (nível macroscópico) e sua representação (nível simbólico) torna-se necessário que os alunos façam esquemas que ilustrem de modo explicativo o fenómeno ao nível sub-microscópico para a compreensão deste nível não-observável. A exploração articulada dos três níveis de análise deve ser incentivada por forma a ajudar os alunos na apropriação sucessiva mas integrada da linguagem específica da química como sistema interpretativo. [1] O conjunto de atividades laboratoriais apresentadas integra-se no estudo da unidade didática “Reações Químicas” do currículo de química do 8.º ano de escolaridade e foi desenvolvido de modo a orientar os alunos para proporem e desenvolverem um procedimento experimental que lhes permita testar as suas previsões e dar resposta às questões-problema manipulando com rigor e segurança o material de laboratório na obtenção do iodeto de chumbo, por dois processos diferentes. O primeiro processo consiste na obtenção do produto em resultado da reação de precipitação entre as soluções de nitrato de chumbo e de iodeto de potássio. Os alunos realizam a reação e são questionados acerca da possibilidade de solubilizar o precipitado amarelo formado; sugerem e executam procedimentos na consecução da atividade, registam observações e tiram conclusões. O segundo processo visa a previsão e realização de uma atividade que permita a obtenção do iodeto de chumbo a partir dos mesmos reagentes, mas em estado sólido, com recurso à fricção num almofariz, podendo, depois, juntar-lhe água para se obter um resultado semelhante. Partindo de duas diferentes formas de usar os dois reagentes para obter a mesma situação final, a escrita da equação química torna-se mais intuitiva e racional pois evidencia a formação, que, mesmo não sendo visível, era previsível. Assim sendo, fica facilitada a passagem à representação do nível sub-microscópico através de esquemas ilustrativos. O objetivo das atividades apresentadas é, portanto, a compreensão articulada dos três níveis de análise de uma reação química através de uma estratégia didática centrada numa abordagem diferente da tradicional reação de precipitação do iodeto de chumbo sem outra interpretação associada. Os resultados evidenciam que os alunos: identificaram a ocorrência de uma reação química através de evidências (nível macroscópico), sugeririam procedimentos experimentais para dar resposta às questões problema, escreveram corretamente a equação química relativa à reação em causa (nível simbólico) e, embora alguns alunos tenham evidenciado dificuldades, melhorou a compreensão da reação química também ao nível sub-microscópico. [1] Pedrosa. M.A.; ”Ensino das Ciências e Trabalhos Práticos – (Re)Conceptualizar…”. In A. Veríssimo (Coord); A. Pedrosa; R. Ribeiro; Ensino Experimental das Ciências, (Re)pensar o Ensino das Ciências (2001), 19-34, Departamento do Ensino Secundário, Ministério da Educação.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/2931
Aparece nas colecções:ESECB - Posters em encontros científicos/técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Poster_SPQ-Revisao 2-FINAL.pdf1,22 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.