Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/295
Título: Ocorrência de hidatidose em matadouro
Autor: Martins, M.V.
Menezes, A.M.
Domingues, H.
Reis, M.O.P.
Figueira, M.L.
Brida, T.
Matos, A.C.
Palavras-chave: Equinococcus
Ruminante
Matadouro
Hidatidose
Data: 2010
Citação: MARTINS, M.V. [et al.] (2010) - Ocorrência de hidatidose em matadouro. In Jornadas de Saúde Pública Veterinária, 1, Vila Real, 29 de Maio. Poster.
Resumo: Os termos hidatidose e equinococose são utilizados indiscriminadamente para descrever a zoonose produzida por céstodes do género Echinococcus, embora o primeiro seja referente à doença produzida pela fase larvar, no hospedeiro intermediário, e o segundo termo esteja reservado à infecção do hospedeiro definitivo pelo céstode adulto (Figura 1). Na espécie humana, a incidência média nacional da hidatidose variou de 13 casos em 2004 para 4 em 2008, com maior impacto no Alentejo (Tabela 1). A sua importância em saúde pública está relacionada com o índice de mortalidade, as perdas económicas por diminuição do rendimento laboral e custos de hospitalização. O presente trabalho teve como objectivo avaliar o impacto da hidatidose nas rejeições de ruminantes abatidos no matadouro Oviger S.A.- Alcains (Figura 2).
Descrição: Poster apresentado nas I Jornadas de Saúde Pública Veterinária que decorreram em 29 de Maio de 2010, em Vila Real, na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/295
Aparece nas colecções:ESACB - Posters em encontros científicos/técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
OCORRÊNCIA DE HIDATIDOSE EM MATADOURO.pdf1,49 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.