Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/3019
Título: Estudo comparativo dos resultados da medição da amplitude articular do movimento de flexão do cotovelo através do goniómetro e observação visual
Autor: Coutinho, António
Santos, Sara
Palavras-chave: Amplitude articular
Experiência clínica
Fisioterapeuta
Data: 12-Jun-2015
Citação: COUTINHO, A.; SANTOS, S. (2015) - Estudo comparativo dos resultados da medição da amplitude articular do movimento de flexão do cotovelo através do goniómetro e observação visual. In: Congresso Nacional de Fisioterapeutas, 9, Cascais, 12 a 14 de junho - Fisioterapia é Saúde. Lisboa: Associação Portuguesa de Fisioterapeutas. E-Poster
Resumo: Objectivos: Verificar se a experiência clínica na área da fisioterapia influencia o rigor de uma medição da amplitude articular no movimento de flexão do cotovelo utilizando o goniómetro universal e/ou a observação visual. Comparar o rigor destes dois métodos de medida de avaliação. Relevância: A integridade da amplitude do movimento de flexão do cotovelo é essencial para o desempenho normal de inúmeras actividades da vida diária. Neste sentido, existem diversos instrumentos de medida disponíveis para avaliar as amplitudes de movimento (ADM) tais como o goniómetro universal e a observação visual. Amostra: 15 alunos do segundo ano de fisioterapia, 15 do quarto e 15 fisioterapeutas, com uma prática clínica igual ou superior a três anos. Materiais e métodos: Modelou-se um apoio rígido ao membro superior esquerdo. A amplitude articular foi confirmada através da utilização do programa Ariel Performance Analysis System (APAS). Avaliação em dois momentos, com observação visual e de seguida com goniómetro universal. Na análise estatística foi utilizada o Statistical Package for the Social Sciences (SPSS). Para a comparação entre os diferentes grupos nos diferentes momentos utilizou-se o teste de Kruskal-Wallis e testes estatísticos de Spearman para análise das relações e correlações entre as variáveis. Resultados: Verificou-se a fiabilidade de uma avaliação da amplitude articular do movimento de flexão do cotovelo, quer através da observação visual e/ou goniometria está dependente da experiência e formação do indivíduo. Conclusões: A fiabilidade de uma avaliação da amplitude articular do movimento de flexão do cotovelo, quer através da observação visual e/ou goniometria está dependente da conjugação entre a experiência e formação do individuo. Comparando os dois momentos de avaliação, a goniometria obteve respostas mais rigorosas embora estes resultados não sejam estatisticamente significativos.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/3019
Aparece nas colecções:ESALD - Posters em encontros científicos/técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ACOUTINHO_ESALD_POSTER GONIO.pdf236,43 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.