Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/331
Título: Avaliação do impacte de fogos florestais em recursos hídricos subterrâneos
Autor: Ferreira, J.P.C.L.
Oliveira, M.M.
Laranjeira, I.
Leitão, T.E.
Quinta-Nova, L.C.
Fernandez, P.
Lopes, M.H.
Paralta E.
Palavras-chave: Impacte de fogos
Qualidade
Quantidade
Água
Solo
Cinza
Data: 2007
Editora: APRH
Citação: FERREIRA, J.P.C.L. [et al.] (2007) - Avaliação do impacte de fogos florestais em recursos hídricos subterrâneos. In Seminário sobre Águas Subterrâneas, Lisboa, 1 a 2 de Março - Actas. Lisboa : APRH. 15 p.
Resumo: Apresentam-se os objectivos, as tarefas e os primeiros resultados obtidos do Projecto actualmente em curso “Avaliação do impacte de fogos florestais nos recursos hídricos subterrâneos” (POCI/AGR/59180/2004). Os objectivos principais deste Projecto são estudar o impacte dos fogos nas quantidades de água envolvidas nos diversos processos do ciclo hidrológico e estudar o impacte das substâncias poluentes existentes nas cinzas florestais, no solo e no meio hídrico subterrâneo. Criou-se uma rede de monitorização da piezometria e da qualidade da água, e seleccionaram-se pontos de amostragem de solos e de cinzas em quatro áreas ardidas e não ardidas no concelho de Mação, para caracterizar e avaliar a influência que os fogos florestais têm na potencial degradação das Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos 2 águas de superfície e subterrâneas. As áreas seleccionadas foram: bacia do Caratão, bacia do Carvoeiro, Bacia da Quebrada e Penhascoso. Para estas áreas estuda-se o coberto vegetal, os solos, a hidrogeologia, o clima e as condições de escoamento. Tem sido feita a monitorização dos níveis de água em furos e poços, assim como a amostragem de água para análise físico-química dos iões maiores e dos hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAP). Para os solos, cinzas e lixiviados são analisados os seguintes elementos: Al, Ca, Fe, K, Na, Mg, Cd, Cu, Cr, Mn, Ni, Pb, Zn, Hg, S, C, H, N, e HAP. Para as bacias do Caratão e do Carvoeiro foi feito o inventário fitosociológico, comportando os aspectos fisiográficos, de geologia, de hidrologia e de vegetação (considerando 23 espécies), tendo-se desenvolvido a análise estatística dos dados, e foi feita a caracterização pedológica quanto aos parâmetros pH, matéria orgânica, P e K. Nas mesmas bacias foi feita a recolha de material vegetal para incineração em instalação de combustão, existindo já resultados analíticos para cinzas de arbustos e respectivos lixiviados.
Descrição: Comunicação apresentada no Seminário sobre Águas Subterrâneas, organizado pela Associação Portuguesa de Recursos Hídricos, que decorreu de 1 a 2 de Março de 2007 em Lisboa.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/331
Aparece nas colecções:ESACB - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
APRH.pdf1,61 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.