Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/393
Título: Rede Nacional para a Conservação e Utilização das Plantas Aromáticas e Medicinais
Autor: Silva, M.C.A.
Delgado, F.M.G.
Caldeira, R.
Alberto, D.
Silva, I.C.
Oliveira, M.R.
Jacinto, P.
Palavras-chave: Planta medicinal
Planta aromática
Lavandula luisieri
Thymus mastichina
Rosmarinus officinalis
Data: 2008
Editora: IPCB. ESA
Citação: SILVA, M.C.A. [et al.] (2008) - Rede Nacional para a Conservação e Utilização das Plantas Aromáticas e Medicinais. Castelo Branco: IPCB.ESA. 141 p.
Resumo: A necessidade de preservação ambiental e a conservação da biodiversidade, nomeadamente da flora espontânea de plantas aromáticas e medicinais, é indispensável para um desenvolvimento sustentado da agricultura, aliado à procura crescente de produtos agrícolas diferenciados, típicos e de qualidade que actualmente se vem sentindo por parte de determinados segmentos de consumidores de maior exigência, poder económico ou até consciência ambiental – tendência que se prevê venha a incrementar-se nos próximos anos – é motivo para que as entidades envolvidas, neste projecto, conscientes do considerável património de recursos fitogenéticos de que o nosso pais é detentor, se tivessem reunido para a elaboração deste projecto e se responsabilizaram, por uma serie de acções que consideraram ser da maior necessidade e importância para a promoção de uma agricultura mais diversificada, com praticas culturais consentâneas com a protecção ambiental e de acordo com as boas praticas agrícolas, ao mesmo tempo que procura diversificar a produção, proporcionando meios para a fixação de camadas mais jovens, necessária ao combate do despovoamento e contribuindo para o rejuvenescimento e dinamização do meio rural. Os resultados deste projecto podem ainda vir a constituir uma base importante para a salvaguarda da propriedade dos referidos materiais, a fim de se defenderem ao máximo os interesses das comunidades responsáveis pela sua selecção e manutenção, até aos nossos dias. Ao fomentar a utilização destes materiais, pretende-se contribuir para a redução dos impactes negativos da sobre-colheita de populações espontâneas directamente da natureza, ao mesmo tempo que se promove uma diversificação da produção agrícola, uma vez que estes materiais se encontram naturalmente adaptados às condições edafo-climáticas da região e aos ecossistemas naturais aí predominantes. Pelas características específicas destes materiais eles são susceptíveis de constituir uma alternativa, bastante atractiva e vantajosa quer do ponto de vista económico, quer ambiental, para zonas de solos marginais, que actualmente se encontram incultos ou estão a ser ocupados com culturas menos compensatórias do ponto de vista económico e que muitas vezes não se encontram em equilíbrio com o ecossistema onde foram instaladas. Considera-se fundamental para a sustentabilidade de todas estas acções a demonstração da viabilidade económica da produção, através de sistemas agrícolas sustentáveis assim como promover os objectivos da conservação in situ feita pelos agricultores e a qualidade e a tipicidade dos produtos obtidos, características importantes na motivação da procura por este género de produtos.
Descrição: Relatório final desenvolvido no âmbito do Programa AGRO, Medida 8 - Desenvolvimento Técnológico e Demonstração, Acção 8.1 - Desenvolvimento Experimental e Demonstração (DE&D), 2.º Concurso Público - 2003
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/393
Aparece nas colecções:ESACB - Relatórios técnico/científicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relat_final_completo.pdf22,91 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.