Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/499
Título: Contribuição para o estudo do Sarcoptes scabiei var: suis no distrito de Castelo Branco
Autor: Brida, Telma Clotilde Marie-Jeanne
Orientador: Grácio, António José dos Santos
Martins, Manuel Vicente de Freitas
Palavras-chave: Ácaro
Sarcoptes scabiei
Sarna
Método directo
Método indirecto
Método ELISA
Psorotes
Demodex
Data de Defesa: 2006
Editora: Universidade dos Açores
Citação: BRIDA, Telma Clotilde Marie-Jeanne (2006) - Contribuição para o estudo do Sarcoptes scabiei var: suis no distrito de Castelo Branco. [S.l.] : UA. 82 p. Dissertação de Mestrado.
Resumo: Durante o período compreendido entre Setembro de 2005 e Julho de 2006 foi realizado, no matadouro da região, um estudo sobre o ácaro Sarcoptes scabiei var. suis responsável pela sarna sarcóptica dos suínos no distrito de Castelo Branco. Das 2804 amostras colhidas aleatoriamente, 184 foram positivas para a presença do ácaro, traduzindo uma prevalência da sarna a nível animal de 6,5%. O Método Indirecto revelou uma Sensibilidade (96,3%) superior à verificada pelo Método Directo (40,8%). No entanto, os resultados obtidos pelos dois métodos revelaram uma concordância moderada entre ambos (K = 0,52). Constatou-se existir uma relação entre as lesões da derme e a presença do ácaro. Verificou-se que a probabilidade de se detectar a presença do ácaro num suíno, com lesões generalizadas de intensidade moderada e grave, é 4,3 (OR) vezes maior do que num animal com lesões localizadas, de fraca intensidade (OR = 1,26). A presença do ácaro foi mais comum nos suínos provenientes de explorações familiares (OR = 1,8) e nos que apresentavam os pavilhões auriculares sujos e com crostas, em que a presença do ácaro foi quase duas vezes maior (OR = 1,91), relativamente aos considerados limpos. O Método ELISA apresentou uma Sensibilidade de 30,3% e Especificidade de 85%. Estes resultados sugerem uma fraca capacidade deste método, em relação aos Métodos Directo e Indirecto, na detecção da doença a partir de animais individuais. Também foram observados ácaros dos géneros Psorotes e Demodex.
Descrição: Dissertação do Mestrado ministrado pela Universidade dos Açores em colaboração com a Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco, apresentada na Escola Superior Agrária de Castelo Branco, para obtenção do Grau de Mestre em Produção Animal.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/499
Aparece nas colecções:ESACB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE BIBLIOTECA.pdf1,32 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.