Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/518
Título: Novos desafios: desenvolvimento do ensino superior de enfermagem na Europa
Autor: Lourenço, Isabel
Palavras-chave: Evolução da enfermagem portuguesa
Formação
Competências de enfermagem
Processo de Bolonha
Data: 3-Mar-2006
Citação: LOURENÇO, Isabel - Novos desafios: desenvolvimento do ensino superior de enfermagem na Europa. In Congresso Extremeño de Enfermeria 9, Plasencia, 2006. Congresso Hispano Luso de Enfermeria, 3, Plasencia, 2006. Plasencia: Universidade da Extremadura. Instituto Politécnico de Castelo Branco. p.1-75
Resumo: Definição de Enfermagem e o que são cuidados de Enfermagem, breve referência à sua história, bem como uma síntese histórica da Enfermagem em Portugal e a sua evolução até à actualidade. Referindo as várias organizações sindicais e as várias alterações quer de legislação, quer de organização do Ensino da Enfermagem em Portugal, bem como as várias portarias e decretos-lei que as sustentam. Destacando pontos fulcrais na história da Enfermagem em Portugal, que revolucionaram o ensino da Enfermagem e o seu reconhecimento social, como sejam: • 1988 – Integração do ensino de enfermagem no Sistema Educativo Nacional (Dec.-Lei nº 480 de 23 de Dezembro) • 1991 – Criado o 1º Mestrado em Ciências da Enfermagem, em Lisboa pela UCP. Levando à valorização da profissão e ao desenvolvimento dos saberes em Enfermagem • 1995 – Marta Lima Bastos, 1ª Enfermeira a defender a tese de Doutoramento numa Universidade Portuguesa • 1996 – Publicação do Regulamento do Exercício Profissional do Enfermeiro (REPE) (Dec.-Lei nº 161/96 de 4 de Setembro) • 1998 – Criação da Ordem dos Enfermeiros Portugueses, respectiva aprovação e publicação dos seus Estatutos, aos quais está anexo o Código Deontológico dos Enfermeiros Portugueses (Dec.-Lei nº 104/98 de 21 de Abril) • 2001 – Integração das Escolas Superiores de Enfermagem nos Institutos Superiores Politécnicos da região. • 2002 – A partir desta data houve a abertura de várias Escolas privadas de Enfermagem por todo o país, e principalmente no Norte. Muitas foram as Escolas que passaram a Escolas Superiores de Saúde. Várias Universidades abriram Doutoramentos em Enfermagem • 2006 – Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE), permite a existência de uma linguagem comum, de modo a haver uma comunicação adequada entre os profissionais de saúde, facilitando o desenvolvimento da investigação. Em Junho de 1999, os Ministros da Educação de 29 estados europeus (entre os quais Portugal), assinam a DECLARAÇÃO DE BOLONHA. Inicia-se a discussão dos ciclos de estudos, e a implementação do Processo de Bolonha no país, tendo em vista o desenvolvimento do Ensino Superior de Enfermagem na Europa, a definição e interiorização das competências de Enfermagem, o profissionalismo em Enfermagem, e o Ensino Superior – Base científica de Enfermagem. Com a implementação do Processo de Bolonha, pretende-se a creditação do ensino de Enfermagem no espaço europeu, facilitando a mobilidade de docentes e discentes e uma partilha de saberes e conhecimentos.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/518
Aparece nas colecções:ESALD - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Cong_Plasencia_06.pdf4,68 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.