Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/5392
Título: No crisol das lógicas de territorialização educativa nas escolas portuguesas se frágua a ação do poder político local e das parcerias
Outros títulos: In the crucible of the logic of educative territories in portuguese schools if thins the action of local political power and partnerships
Autor: Martins, Ernesto
Palavras-chave: Administração educativa
Autonomia escolar
Descentralização
Territorialização educativa
Parceria
Educational administration
School autonomy
Decentralization
Educational territorialisation
Partnership
Data: 2014
Editora: Centro Universitário Moura Lacerda
Citação: MARTINS, Ernesto (2014) – No crisol das lógicas de territorialização educativa nas escolas portuguesas se frágua a ação do poder político local e das parcerias / In the crucible of the logic of educative territories in portuguese schools if thins the action of local political power and partnerships. Montagem. ISSN 0104-4826. 16, nº 16, p. 91-102.
Resumo: Abordamos hermenêuticamente a descentralização e a territorialização educativa em Portugal, numa tríade de relações: ‘escola-comunidade educativa’, parceria socioeducativa e política educativa local. A intervenção do poder local na educação processa-se numa perspetiva instrumental virada para o desenvolvimento e coesão social. As autarquias são os parceiros responsáveis pela educação e os professores valorizam a relação escola-comunidade educativa, principalmente na promoção da qualidade. A relação ’escola-poder local’ efetua-se numa interação participativa dos laços redutores e promotores da administração e gestão escolar, com lógicas de ação e racionalização das parcerias.
We discuss perspective hermeneutic the decentralization and educative territories in Portugal, educational in a triad of relationship: ‘school-educational community’, youth partnership and local education policy. The intervention of local authorities in education takes place in an instrumental perspective toward development and social cohesion. Local authorities are responsible for education partners and teachers value the relationship school-educational community, mainly in quality promotion. The relationship ‘school-local’ made in a participatory interaction of ties reducers and promoters of the school administration and management, with action logic and rationalization of partnerships.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/5392
ISSN: 0104-4826
Aparece nas colecções:ESECB - Artigos em revistas com arbitragem científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
No_crisol_das_logicas_de_territorializaçao_educativa.pdf108,73 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.