Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/5565
Título: Impacto de um programa intergeracional na atitude face à demência
Autor: Lopes, António José Lourenço Gomes
Orientador: Vicente Castro, Florencio
Palavras-chave: Programa intergeracional
Infância
Adolescência
Atitude
Demência
Intergenerational program
Childhood
Adolescence
Attitude
Dementia
Data de Defesa: 15-Mar-2017
Resumo: Todas as sociedades reconhecem a importância da partilha de valores e conhecimento entre gerações. Essa troca de experiências para além de fortalecer os laços de identitários também propiciam ambientes seguros e tranquilos a todos os participantes. Por esse motivo, surgiram alguns programas que promovem o contacto entre crianças e pessoas com demência, cujos resultados têm sido positivos. Em Portugal, apesar de um programa, com os mesmos fundamentos conceptuais, ter sido implementado há mais de uma década, desconhecem-se estudos científicos nacionais que corroborem a evidência produzida internacionalmente. Por esse motivo, este estudo pretendeu analisar o impacto desse programa intergeracional sobre as atitudes das crianças em idade pré-escolar e a sua repercussão ao longo dos anos. Na tentativa de perceber se as relações estabelecidas contribuem para a modificação das atitudes da criança e do adolescente face à demência, o estudo adoptou o paradigma qualitativo, utilizando como instrumento de pesquisa entrevistas abertas, semi-estruturadas, dirigidas a dezoito alunos do 3º e 4º anos do 1º ciclo do ensino básico, e a três alunos do 6º e 8º anos do 2º e 3º ciclos do ensino básico. Foram registadas, igualmente, observações directas de catorze crianças, durante as suas actividades diárias no jardim-de-infância, que foram utilizadas para detectar traços de personalidade particulares que pudessem auxiliar a organização de actividades intergeracionais. Do estudo não resultou qualquer evidência por dois motivos principais. As amostras disponíveis não são significativas, devido ao reduzido número de participantes. E, sobretudo, porque na fase de implementação do projecto, o trabalho foi interrompido por motivos alheios ao próprio estudo. Ainda assim, as informações reunidas nas entrevistas sugerem que as emoções positivas, fomentadas pela participação nas actividades intergeracionais, estão bem vivas na memória dos participantes, apesar de já terem passado alguns anos. Esta constatação faz acreditar que é importante o investimento neste campo de investigação. Os resultados obtidos, embora inconclusivos, suscitaram algumas reflexões sobre os requisitos indispensáveis para este tipo de programas, que se relacionam com o ambiente arquitectónico, a formação e motivação do pessoal auxiliar, bem como dos técnicos facilitadores, e as competências necessárias a uma boa liderança, por exemplo.
All societies recognise the importance of sharing values and knowledge between generations. These exchanges of experiences, besides strengthening the bonds of identity, provide safe and pleasurable environments for all participants. For this reason, some programs promote interaction between children and persons with dementia. Over all, the results have been satisfactory. In Portugal, although one program, with the same conceptual basis, have been implemented for at least a decade, there are no known national scientific studies that corroborate international evidence. Therefore, the study presented here proposes the analysis of the impact of an intergenerational program in early childhood, on an attitudinal level, and its repercussion over the years. In an attempt to understand if those relationships contribute to changes in children and adolescents’ attitudes towards dementia, the study followed a qualitative paradigm, mainly supported by semi-structured open interviews, undertaken with a sample of eighteen 3rd and 4th grade students, and three 6th and 8th grade students. Furthermore, direct observations of fourteen kindergarteners were recorded during their daily activities and used to detect particular personality traits, which provide useful information while organising intergenerational activities. The study do not produce the desired evidence, for two major reasons. First, the samples were not representative, due to the reduced number of participants. Secondly, and most importantly, at the last stage of the project, the implementation phase, it was interrupted for reasons outside the scope of the study itself. Even so, the data gathered from interviews suggest that positive emotions, fostered through intergenerational activities, are still vivid despite the passage of time. This fact make believe that it is important to invest in this field of investigation. The results were inconclusive but arouse some reflections about the indispensable requirements for this kind of program, related to the architectural environment, training and motivation of staff and facilitators or leadership skills, for example.
Descrição: Trabalho de projecto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/5565
Designação: Mestrado em Gerontologia Social
Aparece nas colecções:ESECB - Dissertações de Mestrado



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.