Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/5678
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorMesquita, Helena-
dc.contributor.authorSerrano, João-
dc.contributor.authorPetrica, João-
dc.contributor.authorBatista, Marco-
dc.contributor.authorHonório, Samuel-
dc.contributor.authorRodrigues, Ana Maria-
dc.date.accessioned2017-07-25T08:55:44Z-
dc.date.available2017-07-25T08:55:44Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.citationMESQUITA, Helena [et al.] (2017) - Flexibilização de projetos curriculares de grupo: um estudo em jardins-de-infância com crianças com necessidades educativas especiais. In V Congresso Internacional – Educação, Inclusão e Inovação. Lisboa, 6-8 de julho.pt_PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10400.11/5678-
dc.description.abstractA educação inclusiva é um dos objetivos de todos os sistemas educativos das sociedades democráticas, proporcionando igualdade de oportunidades a todas as crianças. Para tal é necessário flexibilizar/adaptar o currículo para responder adequadamente às crianças com Necessidades Educativas Especiais (NEE). As Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar (OCEPE) apresentam-se como um conjunto de princípios para apoiar o educador nas decisões sobre a sua prática e constituem-se como uma referência comum em relação à componente educativa para todos os educadores da rede nacional. Tornam-se, assim, um apoio importante para os educadores, contribuindo para a inclusão de todas as crianças e não apenas de algumas no processo educativo regular. A inclusão das crianças com NEE tem vindo a equacionar grandes perspetivas ao nível internacional e no âmbito nacional, através do Decreto-Lei 3/2008, foram definidos os objetivos da Educação Especial (EE): inclusão educativa e social; acesso e sucesso educativos; preparação para a vida pós-escolar ou profissional; promoção da igualdade de oportunidades. Visto a questão de a inclusão ser um tema fulcral do ponto de vista da igualdade e da coesão social, pretendemos, por isso, conhecer a realidade das práticas de alguns profissionais da Educação Pré-Escolar em ação, dado que as crianças com NEE têm direito de serem incluídas no ensino regular. O objetivo centra-se em analisar se as Educadoras de Infância (EI) do ensino regular, flexibilizam/adaptam nos seus Projetos Curriculares de Grupo (PCG) os conteúdos, os objetivos, as estratégias/metodologias e os recursos, tendo em conta as NEE. Este estudo insere-se no âmbito dos métodos qualitativos descritivos, concretamente num estudo de caso, na medida em que o entrevistador, investiga as características de uma unidade individual, que neste caso são as EI, permitindo proporcionar uma melhor compreensão de um caso específico. Os instrumentos/técnicas de recolha de dados são a análise documental dos PCG e a entrevista semi-estruturada às EI e os dados foram tratados de acordo com a análise de conteúdo tendo em conta a definição das categorias, das unidades de significado, unidades de registo e de contextos. Das 15 instituições de Educação Pré-Escolar da rede pública/privada existentes na cidade de Castelo Branco apenas 2 se disponibilizaram para participar nesta investigação. As 4 Educadoras participantes exercem funções educativas em grupos de crianças que têm incluídas crianças com NEE: duas num jardim-de-infância da rede pública e duas na rede privada. Concluímos que da análise aos PCG, que em alguns casos, a articulação entre estes e os normativos coincide, mas os conteúdos, as estratégias/metodologias e os objetivos são selecionados nos PCG para o grupo sem mencionar especificamente as crianças com NEE. No entanto através das entrevistas, as EI referiram sempre a flexibilização/adaptação dos conteúdos, estratégias/metodologias e objetivos no dia-a-dia, consoante as NEE da criança, tendo em conta as suas capacidades e interesses. No que respeita aos recursos humanos, constata-se a falta de recursos humanos, tanto na análise aos PCG como às entrevistas, daí a dificuldade de gestão e organização do trabalho educativo.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/pt_PT
dc.subjectEducação Especialpt_PT
dc.subjectNecessidades Educativas Especiaispt_PT
dc.subjectProjetos curriculares de grupopt_PT
dc.subjectFlexibilização/Adaptação curricularpt_PT
dc.titleFlexibilização de projetos curriculares de grupo: um estudo em jardins-de-infância com crianças com necessidades educativas especiaispt_PT
dc.typeconferenceObjectpt_PT
dc.description.versioninfo:eu-repo/semantics/acceptedVersionpt_PT
degois.publication.locationLisboapt_PT
degois.publication.titleV Congresso Internacional – Educação, Inclusão e Inovaçãopt_PT
Aparece nas colecções:ESECB - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Resumo.pdf_.pdf359,28 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.