Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/5698
Título: Treino cognitivo em idosos, em contexto de instituição, sem diagnóstico de demência ou com défice cognitivo ligeiro
Autor: Martins, Carina Sofia Peres
Orientador: Pereira, Cristina Maria Gonçalves
Agostinho, Clotilde Alves Nunes
Palavras-chave: Envelhecimento
Défice cognitivo ligeiro
Idosos
Treino cognitivo
Institucionalização
Aging
Mild cognitive deficit
Elderly
Cognitive training
Institutionalization
Data de Defesa: 17-Jul-2017
Resumo: Nas últimas décadas, as sociedades têm suportado um grande desafio: o envelhecimento da população. As principais razões estão relacionadas com a diminuição da taxa de fecundidade, o aumento da esperança média de vida, a melhoria nos cuidados de saúde e a incorporação de hábitos de vida mais saudáveis. Assim, torna-se necessário criar condições para a promoção de um envelhecimento ativo. O presente Trabalho de Projeto descreve e analisa a implementação de um programa de treino cognitivo (PTC), numa amostra de idosos, em contexto de instituição, envolvendo um conjunto de sessões de estimulação cognitiva de forma a prevenir o declínio cognitivo. Nesta investigação participaram 11 idosos que frequentavam o Centro Social Paroquial de Almaceda, com idades compreendidas entre os 70 e os 87 anos, de ambos os sexos (2 homens e 9 mulheres), sem diagnóstico de demência ou com défice cognitivo ligeiro, a quem foram aplicados os seguintes instrumentos: inquérito por questionário para a recolha de dados sociodemográficos, Mini Exame do Estado Mental (MEEM) antes e após o PTC e um conjunto de sessões de estimulação cognitiva com o objetivo de analisar a sua influência no desempenho cognitivo dos idosos. Os resultados do nosso estudo demonstraram que o PTC influenciou positivamente três das seis habilidades cognitivas estimuladas: Orientação, Evocação e Linguagem, apesar de não ter sido possível identificar diferenças estatisticamente significativas entre os resultados obtidos no MEEM entre o pré-teste e o pós-teste. Este dado deve ser interpretado no contexto dos limites subjacentes à realização do presente estudo e dos quais destacamos o reduzido número de sujeitos envolvidos no estudo e o tempo limitado de intervenção. Decorrente dos resultados obtidos e da revisão da literatura efetuada pensamos poder afirmar a pertinência da aplicação de programas de estimulação cognitiva junto de idosos institucionalizados, podendo ter um papel importante na prevenção ou estabilização das dificuldades cognitivas, permitindo-lhes, assim, um envelhecimento mais ativo e com melhor qualidade de vida. Destacamos a importância da realização de estudos sobre esta temática para que se possa aprofundar e validar o conhecimento acerca das pessoas institucionalizadas, bem como o aperfeiçoamento da metodologia do treino cognitivo.
In the last decades, societies have faced a great challenge: the aging of the population. The main reasons are related to declining fertility rate, increased average life expectancy, improved health care and the incorporation of healthier living habits. Thus, it is necessary to create conditions for the promotion of active aging. The present Project Work describes and analyzes the implementation of a cognitive training program (PTC) in a sample of the elderly, in an institution context, involving a set of sessions of cognitive stimulation in order to prevent cognitive decline. In this investigation, 11 elderly people attending the Almaceda Parish Social Center, aged between 70 and 87 years old, of both sexes (2 men and 9 women), without a diagnosis of dementia or with a slight cognitive deficit, were interviewed. The following instruments were applied: a questionnaire survey for the collection of sociodemographic data, Mini Mental State Examination (MMSE) before and after the PTC and a set of cognitive stimulation sessions with the objective of analyzing its influence on the cognitive performance of the elderly. The results of our study showed that PTC positively influenced three of the six cognitive abilities stimulated: Orientation, Evocation and Language, although it was not possible to identify statistically significant differences between the results obtained in the MEEM between the pre-test and the post-test. This data should be interpreted in the context of limits underlying the realization of this study and of which we highlight the small number of subjects involved in the study and the limited time of intervention. Based on the results obtained and the review of the literature, we believe we can affirm the relevance of the application of PTC to institutionalized elderly people, and may play an important role in the prevention or stabilization of cognitive difficulties, thus allowing them to be more active and better aged quality of life. We emphasize the importance of carrying out studies on this subject in order to deepen and validate the knowledge about institutionalized people, as well as the improvement of the methodology of cognitive training.
Descrição: Trabalho de Projeto apresentado à Escola Superior de Castelo Branco do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gerontologia Social.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/5698
Designação: Mestrado em Gerontologia Social
Aparece nas colecções:ESECB - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE FINAL_.pdf4,56 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.