Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.11/5718
Title: A educação parental na adaptação das crianças da pré-escolar ao 1.º Ciclo Ensino Básico
Other Titles: Parental education in the adaptation of Portuguese children to 1th Primary Cycle Pre-school
Author: Martins, Ernesto
Keywords: Educação parental
Adaptação escolar
Competências parentais
Ensino básico
Interação comunicativa
Parental education
School adaptation
Parenting skills
Basic education
Communicative interaction
Issue Date: 12-Jul-2016
Publisher: Universidade de Lisboa, Instituto de Educação
Citation: MARTINS, Ernesto (2016) - A educação parental na adaptação das crianças da pré-escolar ao 1.º Ciclo Ensino Básico. In II Congresso Internacional Envolvimento dos Alunos na Escola: Perspetivas de Psicologia e Educação. Universidade de Lisboa – Instituto de Educação, 11-13 de julho. Lisboa: UL-IE. p. 1-14.
Abstract: A educação parental é um recurso psicoeducativo, relacional e comunicacional na adaptação escolar. A entrada das crianças no ensino básico é um momento de mudanças, de emoções e anseios, para elas e para pais. Trata-se duma metodologia mista (quantitativa, qualitativa) que pretende interpretar a relação entre os comportamentos interativos e comunicativos dos pais e a adaptação dos filhos ao 1.º ano da escolaridade. Utilizámos técnicas de recolha de dados: observação participante (alunos); escala de perceção sobre competências parentais e entrevista semiestruturada (N=18 pais); notas de campo e triangulação. Confirmou-se haver uma boa comunicação entre pais-filhos, que recorrem com frequência ao diálogo para abordar situações escolares. Os pais revelam estar ‘presentes’ e preocupados, pela prática de atividades conjuntas com os filhos e pelo processo de adaptação à escola.
Parental education is a psychoeducational feature, relational and communicational on school adaptation. The entry of children in basic education is a moment of change, of emotions and desires, for them and for parents. It is a mixed methodology (quantitative, qualitative) that seeks to interpret the relationship between the interactive and communicative behaviors of parents and the adaptation of children at 1th year of schooling. We used data collection techniques: participant observation (students); lack range on parenting skills and semi-structured interview (N= 18); field notes and triangulation. There was confirmed good communication between parents-children, often resorting to dialogue to address school situations. Parents reveal to be ' gifts ' and worried, by the practice of joint activities with the children and the process of adaptation to school.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/5718
ISBN: 978-989-8753-34-2
Publisher Version: www.ie.ulisboa.pt
Appears in Collections:ESECB - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EducaParental_CIEAE-Lisboa-2016_.pdf824,01 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.