Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/661
Título: Quadro teórico do baixo contínuo em Portugal no Séc. XVIII
Autor: Pinho, José Francisco Bastos Dias de
Palavras-chave: Música
Séc. XVIII
Baixo contínuo
Data de Defesa: 2002
Citação: PINHO, José Francisco Bastos Dias de (2002) - Quadro teórico do baixo contínuo em Portugal no Séc. XVIII. Coimbra: Universidade. Faculdade de Letras. 177 p. Dissertação de Mestrado.
Resumo: Lodovico Grossi (1564-1645), mais conhecido por Lodovico da Viadana, tem frequentemente sido creditado com a invenção do acompanhamento por um baixo contínuo, pelo facto de ter incluído um basso continuo (assim classificado) independente nos Cento concerti ecclesiastici, op. 12 (Veneza, 1602). No entanto, como refere Peter Williams, a evidência do uso desta técnica antes do aparecimento da colecção de Viadana existe sob diversas formas: referências sobretudo a música vocal secular italiana, datadas desde a primeira metade do século XVI, que descrevem agrupamentos com instrumentos para realizar o baixo contínuo; partes para órgão - que muitas vezes não eram escritas pelo compositor original - para obras sacras de concerto italianas encontradas em fontes de finais do século XVI.
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/661
Aparece nas colecções:ESART - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DIS_JOS_FRAN_PIN.pdf14,04 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.