Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/690
Título: Comparação de diferentes métodos de extracção de DNA em amostras de echinococcus granulosus
Autor: Roque, Cláudio
Beato, Sílvia
Parreira, R.
Grácio, M. A. A.
Palavras-chave: DNA
Quisto hidático
Echinococcus granulosus
Quantificação DNA
Data: 8-Set-2010
Citação: ROQUE, C. [et al.] (2010) - Comparação de diferentes métodos de extracção de DNA em amostras de Echinococcus granulosus. In Congresso Português de Parasitologia, 14, Porto, 8-10 Setembro. [S.l.]: Sociedade Portuguesa de Parasitologia.
Resumo: O céstode E. granulosus, agente causal da hidatidose/equinococose, está presente em diversas espécies de animais e, ocidentalmente, em humanos. Este apresenta uma grande variabilidade genética, com dez genótipos diferentes descritos (G1 – G10) onde alguns destes já são considerados novas espécies. Estes genótipos encontram-se distribuídos um pouco por todo o mundo, inclusive Portugal. O presente trabalho tem como objectivo comparar diferentes métodos de extracção de DNA para E. granulosus. MATERIAL E MÉTODOS: Procedeu-se à extracção de DNA de 20 amostras usando 3 kits comerciais, “High pure PCR template preparation kit”, “Easy spin kit”, “QIAamp DNA mini kit” e a extracção manual, com algumas modificações. Posteriormente foi efectuada a quantificação do DNA extraído, com obtenção do grau de pureza por densidade óptica (DO) a 230nm, 260nm e 280nm (GeneQuant, BIORAD) RESULTADOS: Foram obtidos diferentes resultados consoante método utilizado, variando a concentração de DNA entre 9,72±8,49ng/µL para “QIAamp DNA mini kit” (Qiagen) e 224,1±6,5ng/µL para o método de extracção manual (modificado). Em relação pureza do DNA, obtida a uma densidade óptica (DO) de 260/280nm, houve uma variação entre 0,21±0,12 para “Easy spin kit” (Citomed) e 1,82±0,34 para “High pure PCR template preparation kit” (Roche). DISCUSSÃO: O método de extracção manual modificado revelou-se o mais eficiente na extracção. Em relação à pureza do DNA obtido, os que melhores razões obtiveram foram o “High pure PCR template preparation kit” (Roche, Portugal) e o método de extracção manual (modificado), sendo que todos os outros registaram valores que indicam a presença de impurezas no DNA. Assim, poderemos inferir que o melhor kit para a extracção de DNA de E.granulosus é o método manual (modificado), visto ser aquele que maior quantidade de DNA extrai.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/690
Aparece nas colecções:ESALD - Posters em encontros científicos/técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Poster_Claudio_VFinal.pdf300,44 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.