Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/5688
Título: IDE ‑OTALEX C: A Primeira Infraestrutura de Dados Espaciais transfronteiriça entre Portugal e Espanha
Autor: Ceballos, Fernando
Caballero, Carmen
Vivas, Pedro
Batista, T.
Garrido, Ana
Rojas, Manuel
Pérez, Marisa
Reis, Sara
Quinta-Nova, L.C.
Fernandez, P.
Roque, N.
Cabaceira, S.
Cabezas, José
Pinto-Gomes, Carlos
Carreira, Duarte
Palavras-chave: Cooperação transfronteiriça
IDE
OTALEX C
SIG
Data: Jul-2017
Citação: Ceballos, F. et al. (2017). IDE ‑OTALEX C: A Primeira Infraestrutura de Dados Espaciais transfronteiriça entre Portugal e Espanha. Revista de Ciências Agrárias, 40: 32-40.
Resumo: Em 2007 criou ‑se a primeira Infraestrutura de Dados Espaciais transfronteiriça entre Portugal e Espanha (IDE ‑OTALEX – www.ideotalex.eu), que constituiu o Observatório Territorial e Ambiental Alentejo e Extremadura, ao qual se incorporou, em 2011, a região Centro de Portugal, que no total abrange uma superfície de 92.500 km2. Assim, surgiu o Observatório Territorial Alentejo ‑Extremadura ‑Centro (OTALEX C), possibilitando a integração da informação produzida pelas diversas instituições que desenvolvem as suas competências de planeamento e gestão territorial, nestas três regiões. Tendo como objetivo a monitorização e análise de alterações decorrentes de fenómenos naturais e da atividade humana sobre o território, bem como a disponibilização de dados e indicadores aos agentes que atuam neste território, foi desenvolvido um sistema de indicadores comuns, distribuídos por cinco vetores (territorial, ambiental, social, económico e de sustentabilidade). Os dados sofreram trabalhos de homogeneização e estandardização antes de serem integrados tendo em vista facilitar a visualização de mapas, consulta de topónimos e de catálogo, no âmbito da Diretiva INSPIRE. A IDE ‑OTALEX C é o resultado do esforço, do compromisso e da colaboração entre instituições da fronteira, com implicação aos três níveis administrativos: Nacional, Regional e Local. Concede uma visão sobre a situação real do território, ao mesmo tempo que faculta instrumentos adequados para as políticas de ação, que contribuem para apoiar o planeamento e ordenamento do território, a fim de alcançar um desenvolvimento sustentável.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/5688
ISSN: 0871-018X
Aparece nas colecções:ESACB - Artigos em revistas com arbitragem científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RCA_especial_ARTIGO_04.pdf2,82 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.