Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.11/6387
Título: Caraterização mecânica do aço S 355 a temperatura elevada
Autor: Ramalho, A.L.
Antunes, F.
Nobre, Telmo
Ferreira, J.A.M.
Palavras-chave: Propriedades mecânicas de aços
Aço S 355
Caracterização mecânica a alta temperatura
Steel properties
S 355 steel
Mechanical characterization,
High temperature
Data: Nov-2018
Editora: INEGI/FEUP
Citação: RAMALHO, A. L. [et al.] (2018) - Caraterização mecânica do aço S 355 a temperatura elevada. In Iberic Conference on Theoretical and Experimental Mechanics and Materials,1; National Congress on Experimental Mechanics,11, Porto, 4-7 November - Proceedings. [S.l.]: INEGI.FEUP .ISBN: 978-989-20-8771-9. p. 205-212.
Resumo: No presente trabalho pretende-se efetuar a caracterização mecânica do aço S 355 AR, EN 10025-4, a alta temperatura. A avaliação rigorosa da variação da tensão de cedência, do módulo de Young, do módulo de encruamento, do calor específico e do coeficiente de dilatação térmica, com a temperatura é essêncial na simulação numérica da distorção e das tensões residuais induzidas por campos térmicos. Embora esta informação esteja disponível em alguns códigos estruturais, como o Eurocódigo 3 parte 1.2, ela não inclui o efeito da composição química e da microestrutura. O aço S 355 AR é um material bastante utilizado em estruturas soldadas, onde a avaliação de distorções e tensões residuais é um problema usual. A caracterização mecânica do aço S 355 AR, EN 10025-4, foi obtida através de ensaios de tração isotérmicos realizados a temperaturas até 600 °C, por Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC) realizada até à temperatura de 950 °C e por Análise Termomecânica (TMA) conduzida até aos 1350 °C. Os resultados obtidos diferem significativamente dos valores apresentados na parte 1.2 do Eurocódigo 3, para um aço ferrítico genérico.
ABSTRACT: The present work aims to assess the mechanical characterization of S 355 AR steel, EN 10025-4, at high temperatures. The precise evaluation of the variation of yield stress, Young module, hardening module, specific heat and coefficient of thermal expansion, with the temperature is a key problem in numerical simulation of the distortion and the residual stresses induced by thermal fields. Although this information are available in some of the structural codes, like Eurocode 3 part 1.2, it does not include the effect of chemical composition and microstructure. The S 355 AR steel is a material commonly used in welded structures, where the evaluation of distortion and residual stresses is an usual issue. The mechanical characterization of the S 355 AR steel, EN 10025-4, were obtained by tensile tests conducted at temperatures up to 600 °C, by Differential Scanning Calorimetry (DSC) at temperatures up to 950 °C and by Thermomechanical analysis (TMA) conducted up to 1350 °C. The obtained results differ significantly from the values presented in Eurocode 3 part 1.2 for a general steel.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.11/6387
ISBN: 978-989-20-8771-9
Aparece nas colecções:ESTCB - Comunicações em encontros científicos e técnicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ArtigoSF_TEMM2018_A.pdf1,09 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.